Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias PRIMATO I: Cooperativismo e os pioneiros na pecuária de leite

 

 

cabecalho informe

PRIMATO I: Cooperativismo e os pioneiros na pecuária de leite

primato I 31 08 2020O cooperativismo é um dos maiores incentivadores de pequenos e médios produtores rurais de todo país, fazendo a representatividade e atuando como facilitador no processo de desenvolvimento da atividade na propriedade. Quem faz parte de uma cooperativa entende a importância deste diferencial em vários aspectos, seja na negociação de produtos, com melhores prazos e condições, na assistência técnica que contribui para a otimização de recursos, espaços e tempo, assim como a participação nos lucros na distribuição de sobras em cada exercício (ano de trabalho).

Relação duradoura - Por isso, quem faz parte de uma cooperativa tende a ter uma relação duradoura, de respeito e reciprocidade. E tudo começa por quem ajuda a constituir a cooperativa, os chamados sócios-fundadores.

Guaraniaçu - Um exemplo de relacionamento duradouro vem do cooperado Milton José Rotta, da Comunidade Belarmino, em Guaraniaçu, na região do Cantu no Paraná. “Nossa propriedade é de 25 hectares, onde atuamos com a pecuária de leite e um pouco com a agricultura. Nosso plantel é de 80 animais, sendo 60 em lactação, com uma média geral de 25 litros cada, em duas ordenhas diárias”, relatou o cooperado. Milton é um dos sócios fundadores da unidade da Primato em Guaraniaçu, um cooperado que faz praticamente todos os seus negócios relacionados a atividade leiteira com a cooperativa.

Ração - Na parte da nutrição animal Milton destacou a qualidade e o período que vem utilizando a ração da Primato. “Atualmente eu utilizo a Prima Raça 22% especial e classifico como uma das melhores do mercado em comparação com outras empresas. Sou um dos sócios fundadores da cooperativa aqui em Guaraniaçu e o primeiro pedido de ração da Primato feito na cidade foi eu quem fiz”, destacou o cooperado que complementou, “eu usei outras rações nesse período, mas em questão de produção e sanidade dos animais, na minha opinião a Prima Raça é a melhor”.

Produção - Outro destaque foi na produção, que segundo Milton, “há mais de três anos quando retornei o uso da Prima Raça, em apenas um dia, foram 100 litros a mais com o mesmo plantel”.

Cooperativa - Por ter sido um dos sócios fundadores da unidade de Guaraniaçu, o cooperado destacou a importância de fazer parte da cooperativa. “Considero fundamental para que possamos desenvolver nossas atividades no campo, afinal, temos tranquilidade na entrega do leite, boas negociações na compra de insumos e nutrição animal, assistência técnica que nos auxilia a trabalharmos direitinho, uma ração de extrema qualidade e além disso tudo, temos a participação nas sobras conforme nossa movimentação com a cooperativa todos os anos”, enfatizou Rotta que concluiu, “e como negociamos quase tudo com a Primato, isso faz a diferença no final de cada ano”.

Auxílio - Milton Rotta conta com o auxílio de mais dois funcionários nas atividades da propriedade. (Imprensa Primato)

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias