Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias MEIO AMBIENTE II: Conferência estadual sobre resíduos sólidos começa nesta quinta

 

 

cabecalho informe

MEIO AMBIENTE II: Conferência estadual sobre resíduos sólidos começa nesta quinta

meio ambiente II 05 09 2013Cerca de 600 pessoas são esperadas na Conferência Estadual do Meio Ambiente, nesta quinta e sexta-feira (05 e 06/09), em Foz do Iguaçu. Observadores, técnicos e 377 delegados, eleitos para representar 20 regiões do Paraná, vão debater propostas relacionadas a coleta, reaproveitamento, reciclagem e destinação correta dos resíduos sólidos. O Sistema Ocepar está sendo representado pelo assessor da área de meio ambiente, Sílvio Krinski.

Política de Resíduos Sólidos - O objetivo é contribuir para a implementação da Lei 12.305/2010, que cria a Política Nacional de Resíduos Sólidos. No Paraná, onde são gerados 20 mil toneladas de lixo todos os dias, o Programa Paraná Sem Lixões pretende acabar com os lixões a céu aberto e promover ações de logística reversa, criação de emprego e renda. Uma das vertentes do programa a ser apresentada é o projeto “Arte Com Sustentabilidade”, que prevê oficinas de artesanato, em todas as regiões do Estado, para ensinar a confeccionar produtos a partir de materiais recicláveis recolhidos na coleta seletiva, como garrafas, retalhos e botões.

Mobilização - Entre junho e agosto, 20 mil pessoas participaram das seis conferências macrorregionais e 187 municipais para debater propostas e soluções sobre resíduos. Foram apresentadas, inicialmente, 3.740 propostas, que foram reduzidas a 120 para a conferência estadual. Da conferência estadual sairão 20 propostas divididas nos eixos temáticos: produção e consumo sustentáveis, redução dos impactos ambientais, criação de emprego e renda e educação ambiental.

Propostas - Uma das principais propostas da região Centro-Sul, por exemplo, é a formação de consórcio entre Guarapuava, que já possui aterro sanitário, e 15 municípios vizinhos. A Companhia Municipal de Urbanização (CMTU) de Londrina apresentou proposta que inclui coletores subterrâneos ou aéreos, com pontos de entrega voluntária e central de processamento de resíduos, desenvolvidos com moderna tecnologia e com o objetivo final de aproveitar mais de 90% das 600 toneladas de lixo produzidas em Londrina, Ibiporã e Cambé.

Campos Gerais - Os municípios dos Campos Gerais apresentaram propostas de educação ambiental para diminuir a quantidade de lixo na região. Trata-se de um circuito sustentável de recolhimento e destino correto de pilhas, baterias e eletroeletrônicos inservíveis. Os resíduos são entregues em cerca de 150 pontos de coletas distribuídos no comércio, escolas e secretarias municipais e as prefeituras fazem o encaminhamento correto do material em parceria com as Cooperativas de Agentes Ambientais.

Responsabilidade compartilhada - O coordenador de resíduos sólidos da Secretaria do Meio Ambiente, Laerty Dudas, explica que as conferências também têm a finalidade de estabelecer a responsabilidade compartilhada entre governos, setor privado e sociedade civil.

Programação - A abertura da Conferência Estadual de Meio Ambiente será nesta quinta-feira (05), às 13h30, em Foz do Iguaçu. No primeiro dia de evento serão proferidas palestras e feita a leitura e aprovação do regimento e a apresentação do processo de eleição dos delegados. O segundo dia é reservado para discussões dos eixos temáticos, priorização das propostas trabalhadas nos eixos, sistematização, relatoria e apresentação das propostas mais votadas e a eleição dos delegados para a etapa nacional. (Com informações da Agência de Notícias do Paraná)

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias