Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias PARCERIA: Governo do PR e Integrada lançam programas para melhoria nas pulverizações

 

 

cabecalho informe

PARCERIA: Governo do PR e Integrada lançam programas para melhoria nas pulverizações

A Cooperativa Integrada, Secretaria da Agricultura do Paraná e Emater/PR acabam de lançar o ‘Projeto Mais’ e a etapa estadual do programa ‘Acerte o Alvo’, duas iniciativas que buscam capacitar profissionais da assistência técnica e produtores rurais de todo o Paraná para garantir a excelência na aplicação de agrotóxicos. O evento de lançamento foi realizado nesta quinta-feira (05/09), em Londrina, e contou com a presença do Secretário da Agricultura e do Abastecimento do Paraná, Norberto Ortigara, além do corpo técnico da Cooperativa Integrada e lideranças de instituições de pesquisa e extensão rural de todo o Estado.

Origem - O programa Acerte o Alvo surgiu em 2004, em Londrina, devido problemas com a deriva de agrotóxicos na região. “Deriva é o desvio da trajetória das gotas produzidas na pulverização, para fora da lavoura ou do alvo que se pretende atingir. Isso pode afetar pessoas ou áreas mais distantes. O local atingido pode ser outra lavoura, cursos d’água ou qualquer vegetação próxima do local de aplicação”, explica Nelson Harger, coordenador estadual de Grãos do Emater e articulador do programa.

Rede - Na ocasião, órgãos do governo, associações e a iniciativa privada formaram uma Rede de Prevenção para orientar o capacitar os profissionais da assistência técnica e agricultores sobre o problema. Durante anos o projeto foi desenvolvido na região de Londrina e em algumas cidades do norte o oeste do Paraná com excelentes resultados. Agora, o Acerte o Alvo será levado para todas as regiões e municípios paranaenses. “O programa surgiu da união de diversos elos do setor produtivo. O objetivo de todos é ter mais qualidade nas pulverizações para que o problema da deriva seja resolvido em curto prazo”, diz Harger.

Pioneiro - Ele lembra ainda que o Paraná é pioneiro no Brasil nesse tipo de iniciativa estruturada para enfrentamento da deriva. “O estado tem a agricultura muito diversificada. Por isso, controlar a deriva significa ter mais qualidade também para todas as outras culturas”, ressalta. (Imprensa Integrada)

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias