Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias CAPACITAÇÃO: Armazenagem foi tema do 2º módulo da especialização em pós-colheita

 

 

cabecalho informe

CAPACITAÇÃO: Armazenagem foi tema do 2º módulo da especialização em pós-colheita

Foi realizado, nos dias 13 e 14 de setembro, em Londrina, o segundo módulo curso de especialização em pós-colheita de grãos na segurança alimentar, promovido pelo Sistema Ocepar, em parceria com a Unifil. Estão participando 35 profissionais das cooperativas paranaenses Integrada, Cocamar, Cocari, Coamo, Copagra, Cvale, Agrária e Castrolanda. Nessa etapa, eles foram divididos em seis grupos com o objetivo de fazer o planejamento de uma unidade armazenadora, estruturas de recepção, classificação, limpeza, secagem, estruturas de armazenamento, expedição dos produtos e higienização e manutenção das unidades armazenadoras. As atividades foram coordenadas por Alcemir Chiodelli, da C.Vale. O analista técnico e econômico da Ocepar, Robson Mafioletti, também acompanhou o módulo.

Layout - “Previamente foi estabelecida uma unidade padrão para as cooperativas do Paraná com capacidade armazenadora de 24.000 toneladas e de recepção de 46.000 toneladas ao longo do ano, recebendo os seguintes produtos: 20.000 toneladas de soja, 21.000 toneladas de milho e 5.000 toneladas de trigo. No final da aula, foi possível fazer um layout da unidade inclusive com estimativas de custos de instalação. Estamos confiantes que o curso contribuirá para a formação dos profissionais e as cooperativas terão melhor performance nesta área tão importante nos resultados gerais da sociedade cooperativa”, disse Mafioletti.

Primeiro módulo - O curso teve início no dia 30 de agosto, com a participação do superintendente da Ocepar, José Roberto Ricken, que apresentou indicadores do cooperativismo e do agronegócio e os desafios que as cooperativas têm para os próximos anos, entre eles, o setor de armazenamento, que é estratégico para as cooperativas agropecuárias. De acordo com Ricken, o cooperativismo tem investido fortemente na agroindustrialização nos últimos anos e atualmente 43% das receitas das cooperativas são de produtos com valor agregado, sendo que a meta até 2015 é de chegar a 50%. No primeiro módulo, além da palestra inaugural, foram discutidos temas ligados à pós-colheita, no cenário da produção de grãos no Brasil, conduzidas pelo pesquisador da Embrapa/Soja e presidente da Abraphos, Irineu Lorini.

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias