Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias FÓRUM FUTURO 10: Entidades apresentam demandas prioritárias à bancada federal

 

 

cabecalho informe

FÓRUM FUTURO 10: Entidades apresentam demandas prioritárias à bancada federal

As principais entidades representativas paranaenses, reunidas no Fórum Permanente Futuro 10 Paraná, apresentaram, nesta segunda-feira (16/09), a integrantes da bancada federal um levantamento com as obras que consideram prioritárias para melhorar a infraestrutura de transportes do Estado. No encontro, realizado na Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), em Curitiba, ficou evidente a necessidade de mais investimentos, especialmente no Porto de Paranaguá, a fim de que ele atenda o constante crescimento da produção.

Subsídios - O presidente da Fiep, Edson Campagnolo, explicou que a intenção da reunião com representantes do Paraná no Congresso Nacional foi fornecer subsídios para que os parlamentares possam incluir em suas emendas aos orçamento da União algumas das obras consideradas essenciais em rodovias, ferrovias, portos, aeroportos e dutovias (veja a relação completa ao final desta matéria). “Queremos unir todas as entidades empresariais e as lideranças políticas em torno de um único objetivo: o Paraná”, disse. “Pleiteamos que as emendas da bancada paranaense sejam destinadas para melhorar a infraestrutura de transportes do Paraná, fator fundamental para o aumento da competitividade do nosso setor produtivo e o desenvolvimento do nosso Estado”, acrescentou.

Escoamento da produção - Na apresentação das demandas, ficou claro que investimentos que tornem mais ágil o escoamento da produção no Porto de Paranaguá são essenciais para evitar um colapso no sistema de logística do Paraná. Entre as intervenções propostas, o Fórum Futuro 10 aponta a necessidade de agilizar o processo se novos arrendamentos e licitações na área do porto, além da ampliação do terminal, com a construção de novos cais. Melhorias nas vias terrestres de acesso ao porto, realização de dragagens de regularização e aprofundamento no canal de acesso de navios e a modernização de equipamentos do Corredor de Exportações também estão entre as prioridades.

Histórico - Para reforçar a necessidade de acelerar esses investimentos, o superintendente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA), Luiz Henrique Dividino, apresentou um histórico do crescimento da produção paranaense e projeções para o futuro. Segundo ele, o porto já opera no limite. “Estamos com nossa capacidade muito acima do normal e nossas projeções de demanda apontam que devemos crescer cerca de 200% até 2030”, disse. Ele destacou ainda que a APPA já vem realizando uma série de investimentos próprios, inclusive na contratação de projetos, mas é preciso um esforço extra para realizar todas as obras necessárias.

Importante - O deputado federal Marcelo Almeida (PMDB), atual coordenador da bancada paranaense no Congresso, afirmou que os pleitos apresentados pelas entidades e representantes de órgãos estaduais serão levados em conta na elaboração das emendas ao orçamento. “É importante captarmos esse levantamento que o Fórum Futuro 10 fez sobre as necessidades da infraestrutura do Estado para que possamos levar à bancada e trabalhar nas emendas, que devem ser elaboradas nos próximos 30 dias”, disse.

Mobilização - O senador Sérgio Souza (PMDB), que também participou da reunião, elogiou a iniciativa das entidades e afirmou que o Paraná precisa de uma grande mobilização de todas as suas lideranças em torno do desenvolvimento do Estado. “Precisamos de agilidade nesse processo, por isso pretendemos promover em novembro uma reunião macro, chamando ministros, secretários e todas as agências federais ligadas à infraestrutura para que possamos colocar todas as nossas dúvidas e saber quais são as ações que serão implantadas e com que velocidade”, disse.

Presenças - Também participaram do encontro os deputados federais Eduardo Sciarra (PSD), André Zacharow (PMDB), Alex Canziani (PTB), Leopoldo Meyer (PSB) e Zeca Dirceu (PT). O governo do Estado esteve representado pelo secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho. Estiveram presentes ainda o superintendente regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) no Paraná, José da Silva Tiago, e o superintendente da Infraero, Antonio Pallu, entre outros representantes de órgãos ligados à área de logística.

Consenso - Para o coordenador do Conselho Diretivo do Fórum Futuro 10, Guilherme Döring Cunha Pereira, o Estado deve aproveitar o consenso que está sendo alcançado em torno das demandas prioritárias para alavancar seu desenvolvimento. “As entidades que compõem o Fórum têm mostrado que sabem exatamente o que querem e têm construído um consenso sobre o futuro do Paraná. Quanto mais conseguirmos trabalhar em conjunto, mais vamos avançar no desenvolvimento do Estado”, afirmou. (Texto e fotos: Agência Fiep de Notícias)

OBRAS PRIORITÁRIAS

Portos – Aumento da capacidade operacional

1. Agilizar novos arrendamentos e licitações;

2. Alteração da poligonal (permitir novos investimentos);

3. Acesso rodoferroviário (Av. Ayrton Senna, Viadutos, Vias Marginais e Pátio de Triagem);

4. Investimentos na ampliação de cais “T”, “F” e “L”;

5. Dragagens de regularização e aprofundamento;

6. Coberturas para operação com chuva leve;

7. Modernização de equipamentos do corredor de exportação.

Ferrovias – Aumento da Capacidade e Redução de Custos

1. Nova Ferrovia: Maracaju (MS) – Paranaguá e Pontal do Paraná;

2. Desvio Ferroviário de Curitiba;

3. Revitalização: São Paulo – Castro – Rio Negro – Rio Grande

4. Na 2ª fase do PIL – Programa de Investimento em Logística:

- Nova Ferrovia Norte PR ao Oeste de SC;

-Interligação com Portos de SC via Litorânea;

-Revitalização Maringá – Apucarana – Ponta Grossa – Eng. Bley

Aeroportos

Aeroportos operados pela Infraero:

1. Afonso Pena – Curitiba

- Duplicação Terminal / 2ª Pista / Desapropriações

2. Londrina

- Melhorias Terminal / ALS e ILS I / Aumento da Pista

3. Foz do Iguaçu

- Melhorias Terminal / Estacionamento

Outros Aeroportos / Aeroportos Regionais:

1. Cascavel

2. Ponta Grossa

3. Sudoeste (Pato Branco / Francisco Beltrão)

4. Maringá (sistemas de aproximação)

5. Projetos Arco Norte / Campos Gerais / Oeste

Rodovias Federais

1. Melhorias e duplicações na BR-163;

2. Implantação da BR-101 no Paraná (2º acesso ao Porto de Paranaguá, novo acesso ao porto de Antonina e desafogar BR-376 Curitiba – Joinville);

3. Obras de vias marginais no Contorno Sul de Curitiba;

4. Duplicação e conclusão do Contorno Norte de Curitiba;

5. Implantação da BR-487 (Boiadeira);

6. Melhorias e duplicações na BR 476 (Lapa – União da Vitória)

7. Melhorias e implantação de Trechos na BR 158;

8. Melhorias e implantação de Trechos na BR 153;

Rodovias Estaduais e Sob Concessão

1. Melhorias e duplicações na PR 323 (Guaíra – Maringá)

2. Melhorias e duplicações na PR 092 (Jaguariaíva – Santo Antonio da Platina);

3. Melhorias e duplicações na PR 445 (Londrina – Mauá da Serra);

4. Melhorias e duplicações na PR/BR 280 (Barracão – Palmas);

5. Duplicação Almirante Tamandaré – Rio Branco do Sul;

6. Obras nas concessões existentes e redução de tarifas;

Dutovias

1. Alcoolduto:

-Sarandi – Paranaguá

- Concluída fase de audiências públicas

2. Gasoduto:

- Repressurização do GASBOL;

- Terminal de GNL – Gás Natural Liquefeito em Paranaguá;

- Gasoduto Paranaguá – Araucária

- Gasoduto no Norte – Oeste do Paraná (nova linha)

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias