Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias COMÉRCIO EXTERIOR I: Ministro quer ampliar exportações de carne suína para a Argentina

 

 

cabecalho informe

COMÉRCIO EXTERIOR I: Ministro quer ampliar exportações de carne suína para a Argentina

comercio exterior 26 09 2013Com o objetivo de ampliar as exportações de carne suína para a Argentina, o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Andrade, se reuniu com o colega de pasta argentino, Norberto Yauhar, nesta terça-feira (24/09). O encontro entre as autoridades aconteceu na província de Campana, na Argentina. Em 2012, um acordo entre os países havia estabelecido a cota de importação pelo país portenho de três mil toneladas por mês do produto brasileiro. No entanto, segundo Antônio Andrade, atualmente esse valor é próximo a mil toneladas mensais. “O ministro argentino foi bastante receptivo e disse que vai tratar dessa questão pessoalmente para aumentarmos as nossas exportações de suínos”, explicou.

Demanda alta - A Argentina, apesar de ter ampliado a produção local do produto este ano, tem uma demanda alta por carne suína e precisa complementar a oferta com importações. Esse fator, de acordo com Norberto Yauhar, facilita um entendimento entre os dois países. A contrapartida solicitada é a liberação para a entrada no Brasil do limão siciliano produzido na Argentina. “Para agilizar o processo no Ministério da Agricultura, vamos concluir os estudos para verificar possíveis entraves sanitários e estabelecer um acordo o quanto antes”, disse Andrade.

México – Ainda na Argentina, o ministro se reuniu com o subsecretário de Agricultura do México, Ricardo Aguilar Cartillo, nesta quarta-feira (25/09). Os dois governos querem fortalecer a relação comercial entre os países. Antônio Andrade agradeceu a habilitação de três frigoríficos brasileiros de aves por parte dos mexicanos, exaltando a iniciativa como um importante passo para melhorar ainda mais o comércio entre os dois países. O ministro ainda solicitou a Cartillo que tomasse conhecimento da lista de todos os 43 estabelecimentos brasileiros já aprovados para exportação de frango ao Canadá, que é um importante parceiro comercial do México.

Qualidade e produtividade - “Estamos melhorando cada vez mais a qualidade e a produtividade das nossas plantas, iniciativa que vai fortalecer a relação com os mexicanos. Cartillo viu com bons olhos a possibilidade de ampliação da pauta bilateral, reforçando a importância das ações que vêm sendo feitas pelo Brasil em sanidade”, destacou Antônio Andrade.

Convite - Ao final do encontro, Andrade convidou o subsecretário para visitar os laboratórios nacionais agropecuários (Lanagros) do Brasil e ver de perto o trabalho desses centros, que são referências em diagnósticos quanto à qualidade dos produtos agropecuários produzidos e exportados pelo país. Entre janeiro e agosto deste ano, o Brasil exportou para o México US$ 365,4 milhões em produtos do agronegócio, importando US$ 63,12 milhões daquele país. (Mapa)

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias