cabecalho informe

ENSINO SUPERIOR: 17 instituições do PR vão ampliar oferta de educação empreendedora

O Paraná foi o segundo estado do País com o maior número de faculdades e universidades contempladas pelo Edital Educação Empreendedora para Instituições de Ensino Superior. Foram selecionadas 17 das 19 instituições inscritas no Edital, que faz parte do Programa Nacional Educação Empreendedora. O Edital terá início em 2014 e a duração será de dois anos. Ao todo, 27.360 alunos serão beneficiados, em 12 municípios paranaenses.

Classificação geral - Na classificação geral de estados, o Paraná ficou atrás apenas de Minas Gerais, que totalizou 21 instituições escolhidas por meio do Edital. A consultora do Sebrae/PR, Paula França Tissot, da Unidade de Desenvolvimento de Soluções, afirma que o principal objetivo é ampliar a oferta de educação empreendedora junto às instituições de ensino superior. “Ficamos muito satisfeitos com o resultado dos esforços que aplicamos para estimular que o maior número possível de instituições propusesse projetos. O interesse demonstrado pelas diversas instituições de ensino superior paranaenses são um sinal de que estamos no caminho certo.”

Oferta - No Edital do Educação Empreendedora, foram ofertadas ações que incluem a publicação de pesquisas e teses relacionadas ao tema novos negócios; a inclusão da disciplina de empreendedorismo na grade curricular ou em cursos de extensão; a realização do Desafio Universitário Empreendedor; além de cursos, palestras e outras linhas que tratem da educação empreendedora. “A intenção foi atender, de maneira flexível, cada instituição de ensino, de acordo a sua realidade. Então deixamos que elas escolhessem quais as melhores soluções para atender as suas necessidades”, afirma a consultora do Sebrae/PR.

Universitários - Paula Tissot reforça que o Programa vai trabalhar o perfil empreendedor dos universitários, mesmo daqueles que não pensam em abrir suas empresas após terminar os estudos. “São pessoas que estão na eminência de entrar no mercado de trabalho e o desejo é que possam optar por entrar em um negócio pré-existente ou abrir o seu próprio negócio. Nós vamos trabalhar as características do comportamento empreendedor em sua conduta pessoal e profissional, estimulando que os estudantes conheçam seu potencial, ajam de forma planejada na busca de seus objetivos, e desenvolvam habilidade de identificar oportunidades, para que tenham capacidade de optar.”

Ações - O Edital prevê a aplicação de ações em todos os cursos e não apenas naqueles voltadas à área de negócios. A consultora do Sebrae/PR destaca a importância de incluir noções de empreendedorismo em todos os ramos profissionais. “Cada vez mais, advogados, dentistas, fisioterapeutas, publicitários, por exemplo, saem da universidade, abrem seus negócios, mas não têm a menor noção sobre empreendedorismo e gestão. Estamos estimulando a oferta da disciplina de empreendedorismo em outros cursos, para preparar os novos profissionais”, justifica Paula Tissot.

Subsídios - O Sebrae Nacional vai subsidiar 70% do valor total de cada projeto apresentado pelas instituições de ensino superior e os 30% restantes serão financiados pela própria instituição. O resultado do Edital Educação Empreendedora pode ser conferido no site www.comunidade.sebrae.com.br/Parceriaies/.

Instituições - As instituições de ensino superior paranaenses selecionadas são: Centro Universitário Dinâmica das Cataratas (UDC); Faculdade Integrado de Campo Mourão (CEI); Faculdade de Pato Branco (Fadep); Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR); Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) – Londrina; Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) – Pato Branco; Faculdade do Norte Pioneiro (Fanorpi); Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) – Campo Mourão; Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) – Apucarana; Faculdade Metropolitana de Curitiba (Famec)/Instituto Euvaldo Lodi (IEL) – Núcleo Regional do Paraná; Universidade Federal do Paraná (UFPR); Faculdade Estadual de Ciências e Letras de Campo Mourão (Fecilcam); Centro Universitário de Maringá (Unicesumar); Universidade Estadual do Centro Oeste (Unicentro); Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) – Cornélio Procópio; Faculdades Integradas do Vale do Iguaçu; e Faculdade de Ampére (Famper).

Sobre o Sebrae/PR - O Sebrae/PR - Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Paraná é uma instituição sem fins lucrativos criada nos anos 1970 para dar apoio aos empresários de micro e pequenas empresas e aos empreendedores interessados em abrir o próprio negócio. No Brasil, são 27 unidades e 800 postos de atendimentos espalhados de norte a sul. No Paraná, seis regionais e 11 escritórios. A entidade chega aos 399 municípios do Estado por meio de atendimento itinerante, pontos de atendimento e de parceiros como associações, sindicatos, cooperativas, órgãos públicos e privados. O Sebrae/PR oferece palestras, orientações, capacitações, treinamentos, projetos, programas e soluções empresariais, com foco em desenvolvimento de empreendedores; impulso a empresas avançadas; competitividade setorial; promoção de ambiente favorável para os negócios; tecnologia e inovação; acesso ao crédito; acesso ao mercado; parcerias internacionais; redes de cooperação; e formação de líderes. (Assessoria de Imprensa do Sebrae/PR)

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias