Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias INTERNACIONAL: OCDE vê expansão global moderada

 

 

cabecalho informe

INTERNACIONAL: OCDE vê expansão global moderada

A recuperação das economias desenvolvidas está bem encaminhada, mas a desaceleração da atividade dos grandes mercados emergentes fará com que o crescimento econômico mundial seja, na melhor hipótese, apenas moderado no curto prazo, segundo informou a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) nesta terça-feira (11/03). O inverno no América do Norte, excepcionalmente rigoroso, e um aumento no imposto sobre as vendas no Japão também deverão atrapalhar o ritmo de recuperação, de acordo com órgão, cuja sede fica em Paris.

Medidas de estímulo- Com base nesse cenário, a OCDE defendeu que o Banco Central Europeu (BCE) e o Banco do Japão, autoridade monetária do país, mantenham suas medidas de estímulo à economia, ou mesmo que as incrementem. Quanto ao Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA), a OCDE considerou acertada a decisão de começar a desmontar seu programa de compra de títulos. "A recuperação gradual nas economias avançadas é encorajadora, mesmo com fatores temporários tendo contido as taxas de crescimento nos primeiros meses do ano, enquanto a desaceleração das economias emergentes provavelmente será um obstáculo ao crescimento mundial", disse o economista-chefe em exercício da OCDE, Rintaro Tamaki, em nota.

Expansão menor- A expansão das principais economias avançadas no primeiro semestre deste ano vai ser menor do que a da metade final de 2013, mas bem melhor do que as do fim de 2012 e início de 2013, de acordo com atualização das projeções da instituição sobre a economia mundial.

Emergentes - "Tendo em vista que as economias emergentes agora representam metade da economia mundial, a continuidade de um desempenho abaixo da média em muitas das principais EMEs [economias de mercados emergentes] deverá significar que o crescimento global continuará apenas moderado no curto prazo", de acordo com a OCDE.

Índice - A organização, uma espécie de clube dos países ricos com o objetivo de formular políticas econômicas de estímulo ao crescimento e ao comércio, prevê para este ano um crescimento mundial de 3,6% - contra 2,7% da estimativa anterior.

EUA - A OCDE estima que os Estados Unidos vão se desacelerar para 1,7% no primeiro trimestre em relação aos três meses anteriores, em termos anualizados, abaixo dos 2,4% verificados no quarto trimestre de 2013, quando o clima excepcionalmente ruim atrapalhou a atividade econômica.

Japão - Para o Japão, a previsão é de expansão de 4,8% no primeiro trimestre, na mesma comparação, com os consumidores antecipando compras para evitar o aumento de imposto sobre as vendas marcado para 1º de abril.

Análise preliminar- A OCDE atualizou as previsões como parte de uma análise preliminar do seu "Panorama Econômico", a ser divulgado em maio. (Valor Econômico)

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias