Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias SEBRAE: Encontro estimula participação de pequenas empresas em compras públicas

 

 

cabecalho informe

SEBRAE: Encontro estimula participação de pequenas empresas em compras públicas

sebrae 12 03 2014Quinhentas empresas são esperadas para a primeira edição do Encontro Compra Curitiba. O evento está sendo realizado nesta quarta-feira (12/03), no Espaço Torres, e visa estimular a participação de micro e pequenas empresas em processos de licitação e compras públicas e governamentais. Na ocasião, os empresários estão tendo a oportunidade de assistir a palestras relacionadas ao tema e conhecer oportunidades de negócio com o setor público.

Programa - O Encontro é uma das ações do Programa Compra Paraná, criado com o objetivo de colocar em prática, no Estado, a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, que trata, entre outros itens, sobre o tratamento diferenciado que as empresas públicas devem dispensar às micro e pequenas empresas em seus processos de compras. Além de Curitiba, outras 13 cidades também são contempladas com ações do Programa, uma realização do Sebrae/PR com a Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Paraná (Faciap) e que, na Capital, tem o apoio da Agência Curitiba e da Prefeitura de Curitiba.

Palestras – A abertura do evento aconteceu às 9 horas. Em seguida, tiveram início as apresentações das palestras “Quais as vantagens e critérios para a micro e pequena empresa vender para área pública” e “O desenvolvimento local e regional induzido pelo poder de compras públicas e pelos pequenos negócios”, ministradas pelo jornalista José Wille e pelo professor Jair Santana, respectivamente.

Formatos - Os participantes do Compra Curitiba poderão conhecer os formatos de licitação de aproximadamente 20 empresas e órgãos públicos que estarão expondo oportunidades de compras e serviços para micro e pequenas empresas. O consultor do Sebrae/PR, Vinicius Milani, explica que o objetivo é encorajar os empreendedores a participar de processos licitatórios.

Participação pequena- “A maior parte dos empresários de pequenos negócios não participa de concorrências públicas por achar que o processo é muito complexo e burocrático. Queremos derrubar este mito, gerando a aproximação entre as partes, apresentando a quantidade de oportunidades existentes no mercado de compras públicas de Curitiba, mostrando o potencial lucrativo que a modalidade de negócio oferece e ainda preparando o pequeno empresário fornecedor e o comprador público  para este mercado que a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa preconiza”, afirma.

Burocracia - A burocracia dos processos licitatórios não será mais desculpa para impedir as micro e pequenas empresas de participarem das concorrências públicas. No Encontro, colaboradores da Agência Curitiba estarão representando o Programa Curitiba Empreendedora, através do Espaço Empreendedor, localizados nas Ruas da Cidadania de Curitiba, onde serão oferecidas capacitações para os empreendedores sobre finanças, vendas, compras e outros, conforme explica o diretor técnico da Agência Curitiba, Armando Moreira Filho.

Oficinas - “Serão disponibilizadas cerca de 40 oficinas para os empreendedores. Hoje, 99% dos estabelecimentos de Curitiba são micro e pequenas empresas e é fundamental para a cidade que elas se fortaleçam. Vamos mostrar para os empresários que existe uma pré-disposição dos órgãos públicos para comprar dos pequenos negócios.”

Estande- A Prefeitura de Curitiba está com um estande no Encontro para mostrar aos empresários como fazer parte do cadastro de fornecedores do município. Atualmente, o sistema de inscrição é totalmente informatizado e pode ser feito pela internet. Quem se cadastra recebe e-mail informando que existe edital da Prefeitura publicado.  O edital fica disponível no site de e-Compras.

Incentivo - A diretora do Departamento de Aquisições e Relação com Fornecedores de Curitiba, Silvana de Brito Nascimento, afirma que a administração municipal tem total interesse em incentivar a participação das micro e pequenas empresas em seus processos licitatórios. “Nós temos cerca de 6 mil pequenos negócios cadastrados em nossa lista de fornecedores e queremos aumentar esse número. Quanto mais as empresas crescerem, mas a cidade se desenvolve”, afirma.

Experiência- Quando iniciou seu trabalho no ramo de licitações, o gerente comercial, Douglas Pegorari, não teve a sorte de participar de uma capacitação e foi obrigado a aprender o “caminho das pedras” sozinho. Ele trabalha na Luvi Comercial, empresa da área de eventos e locação para festas, que participa de licitações há aproximadamente dez anos. Pegorari encoraja outros empresários a investir na área.

Chances- “Não são todas as licitações que vencemos, mas só podemos ter chances quando concorremos, por isso, estamos sempre de olho nos editais. É um mercado bastante lucrativo, mas é preciso estar sempre com a documentação da empresa em dia, ler com atenção a proposta ofertada e praticar preços que estejam de acordo com a realidade do mercado”, aconselha o empresário.

Outras cidades- O Encontro, nos moldes do Compra Curitiba, já foi levado a diversas cidades do Paraná, como Londrina, Maringá e Umuarama. O presidente da Faciap, Rainer Zielasko, é entusiasta da proposta e explica que, nas cidades menores, houve facilidade para a realização dos eventos. Em Curitiba, o planejamento teve de ser mais detalhado, porque é uma cidade de maior porte, com alta concentração de compradores em potencial de micro e pequenas empresas. “O Compra Curitiba é uma oportunidade ímpar de aproximação e de novos negócios para as pequenas empresas”, destacou o dirigente. (Assessoria de Imprensa do Sebrae/PR)

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias