Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias PARANÁ: Modernização da gestão deve gerar economia de R$ 150 milhões

 

 

cabecalho informe

PARANÁ: Modernização da gestão deve gerar economia de R$ 150 milhões

parana 12 03 2014A modernização da gestão no Governo do Estado deve gerar economia de cerca de R$ 150 milhões aos cofres públicos. A informação é resultado do estudo realizado pelo Movimento Brasil Competitivo (MBC), entidade que faz diagnósticos e sugere soluções para modernizar a gestão pública. Os dados foram apresentados, nesta terça-feira (11/03), em reunião com os secretários de estado e representantes das empresas que patrocinaram o trabalho do MBC no Paraná. O Sistema Ocepar foi representado pelo superintendente adjunto Nelson Costa.

Foco - No Estado, o foco foi o controle de despesas, com a revisão e renegociação de contratos e a redução do consumo nas secretarias da Educação, Saúde, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e, ainda, no Departamento de Trânsito do Paraná (Detran/PR). É a primeira fase do trabalho do MBC.

Valor- O relatório apontou a economia consolidada de R$ 85 milhões. No entanto, o valor pode ser ampliado para R$ 150 milhões com as ações em andamento, além de outras que vão iniciar neste mês de março, como a revisão de contratos e melhorias nas licitações para o fornecimento de merenda, alimentação nos presídios, limpeza e vigilância, correios e possível auditoria de prestadores de serviço da Saúde.

Novos métodos- Para isso, nos últimos doze meses, foram aplicados novos métodos de gestão. Servidores tiveram cursos de capacitação presenciais e à distância. Cerca de 200 mil funcionários participaram. "Foi um ótimo resultado, não só pelos números registrados, mas pelo treinamento e capacitação dos servidores públicos estaduais. Esse treinamento vai possibilitar que o processo tenha continuidade nos próximos anos", destacou o secretário-chefe da Casa Civil, Reinhold Stephanes.

Modernização - O vice-governador e secretário da Educação, Flávio Arns, disse que a parceria com o MBC é uma sequência do processo de modernização da máquina administrativa estadual, iniciado com ações como a redução nos gastos de custeio, o estabelecimento dos contratos de gestão e a transparência nos contratos e licitações. "Queremos também agradecer aos empresários que mostraram confiança na nossa gestão ao patrocinar o trabalho do Movimento Brasil Competitivo".

Conhecimento - O diretor do MBC, Irani Varella, reforçou a importância de o Paraná continuar o processo de modernização da máquina. "É necessário dar seguimento e aprofundar o trabalho com a ampliação dos novos processos para alcançar melhores resultados para o Estado e a sociedade". A secretária da Administração e Previdência, Dinorah Botto Portugal Nogara, adiantou que esse processo de transferência do conhecimento dos servidores capacitados já está ocorrendo. "Há uma mobilização significativa de funcionários e servidores", disse.

Participação - Também participaram da reunião os secretários Cassio Taniguchi (Planejamento e Coordenação Geral) e Horácio Monteschio (em exercício na Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul), além de diretores-gerais e representantes da Saúde, Ciência e Tecnologia, Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Administração e Previdência e Detran. Cerca de 10 empresários de diferentes segmentos também acompanharam a prestação de contas.

MBC - O Movimento Brasil Competitivo foi criado pelo empresário Jorge Gerdau para apoiar iniciativas de instituições públicas que queiram tornar mais eficientes sua administração. O órgão contrata auditorias para estudar processos administrativos adotados por diversas instâncias de governo. O objetivo é que o Estado reveja procedimentos e aplique melhor os recursos arrecadados, ampliando a capacidade de investimentos.

Ganhos orçamentários- Nos últimos cinco anos, os trabalhos desenvolvidos pelo MBC em parceria com a iniciativa privada e administrações públicas geraram R$ 14,5 bilhões em ganhos orçamentários. No Paraná, o Programa Modernizando a Gestão Pública prevê outras seis frentes de trabalho: aprimoramento da folha de pagamento; aumento das receitas; estímulo de parcerias público-privadas; estratégia e contratos de gestão; escritório de projetos; e atração de investimentos. (Com informações da Agência de Notícias do Paraná)

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias