Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias BNDES: Totalidade dos recursos recebidos do Tesouro desde 2009 já foram aplicados

 

 

cabecalho informe

BNDES: Totalidade dos recursos recebidos do Tesouro desde 2009 já foram aplicados

bndes 24 06 2014O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aplicou todo o recurso aportado pelo Tesouro Nacional entre janeiro de 2009 e março de 2014, no valor de R$ 309,25 bilhões. O volume não inclui os R$ 30 bilhões anunciados mês passado, e que devem entrar no caixa do banco esta semana. As informações constam no relatório de prestação de contas ao Congresso, relativo ao primeiro trimestre de 2014, sobre o uso dos recursos recebidos do Tesouro.

Projetos - O presidente do banco de fomento, Luciano Coutinho, já tinha comentado, em outras oportunidades, que os recursos que o banco tinha eram suficientes para fazer frente às operações do banco até maio. De 2009 a 2013, o BNDES aplicou os R$ 309,25 bilhões em recursos recebidos do Tesouro em vários projetos, e investiu, ainda, outros R$ 159,38 bilhões provenientes do retorno da carteira de contratos, o que totalizou R$ 468,63 bilhões em financiamentos no período.

Finame e Finem- Do total aportado, 49,9% (R$ 233,69 bilhões) foram para operações do Finame, onde estão agrupadas operações de produção e comercialização de máquinas e equipamentos novos, de fabricação nacional. O segundo maior volume, R$ 96,75 bilhões, 20,6% do total, foi para o Finem, onde estão agrupados grandes projetos de investimento voltados principalmente para implantação, expansão e modernização de empreendimentos.

Pré-Embarque- Em terceiro lugar aparece o BNDES Pré-Embarque, que recebeu R$ 42,43 bilhões, 9,1% do total de recursos no período de 2009 até o primeiro trimestre de 2014. A modalidade financia a produção para exportação de bens aprovados pelo banco. O total de recursos investidos beneficiou 1.218.038 operações de financiamento.

Transformação - Sob a ótica industrial, foi o setor de transformação que recebeu a maior parte dos desembolsos feitos pelo BNDES, com os recursos aportados pelo Tesouro. Do total investido de 2009 ao primeiro trimestre deste ano, o setor ficou com 35,7% dos recursos, totalizando R$ 167,42 bilhões.

Infraestrutura- A área de infraestrutura recebeu 34,6% dos recursos, o equivalente a R$ 162,25 bilhões dos desembolsos no período. Dentro do ramo da indústria de transformação, merece destaque o gênero de atividade de fabricação de produtos derivados do petróleo e de biocombustíveis, que absorveu R$ 38,9 bilhões. No segmento de infraestrutura, o mais beneficiado foi o setor de transporte terrestre, com liberações de R$ 96,4 bilhões. Os destaques ficaram com subsetores de transporte rodoviário de carga, exceto produtos perigosos, transporte dutoviário e transporte rodoviário de passageiros (municipal). Também se destacou eletricidade, gás e outras utilidades, com participação de R$ 31,5 bilhões. (Valor Econômico)

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias