Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias BRDE: Banco libera R$ 330,7 milhões em crédito a cooperativas e empresas paranaenses

 

 

cabecalho informe

BRDE: Banco libera R$ 330,7 milhões em crédito a cooperativas e empresas paranaenses

1brde 08 12 2021A agência paranaense do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) assinou nesta terça-feira (07/12), em Curitiba, contratos de financiamento com quatro cooperativas e sete empresas do Estado. Os créditos somam R$ 330,7 milhões e vão financiar obras, maquinários e equipamentos, além de compor o capital de giro dos empreendimentos.

Desenvolvimento e empregos - O governador Carlos Massa Ratinho Junior, que acompanhou as assinaturas, destacou que as ofertas de crédito pelo BRDE e pela Fomento Paraná ajudam no desenvolvimento e na geração de empregos no Estado. Ele lembrou que, até outubro deste ano, cerca de 176 mil vagas foram criadas no Paraná, que está entre os estados que lideram a abertura de postos de trabalho formais neste ano no País.

Função - “A função do BRDE, junto com a Fomento, é facilitar o crédito para as empresas que querem investir ou ampliar seus negócios no Paraná. Nossa orientação foi diversificar o leque de clientes do BRDE, para dar oportunidade a diferentes setores”, afirmou Ratinho Junior. “Com isso, conseguimos pulverizar esses recursos, fazendo com que chegasse não apenas aos grandes empreendimentos, como também nos pequenos, a exemplo do Banco do Agricultor Paranaense”.

Marca - Em 2021, quando o BRDE completou seus 60 anos de fundação, o banco chegou à marca de R$ 3,3 bilhões em operações de crédito, sendo que R$ 1,25 bilhão foram contratados no Paraná. “Já superamos a meta para o ano, mas pretendemos fechar 2021 com R$ 3,5 bilhões em contratos. A agência paranaense responde por quase 40% desses recursos, o que mostra a pujança da nossa economia”, afirmou o presidente do BRDE, Wilson Bley Lipski.

Diversificados - “Os contratos assinados nesta terça são bastante diversificados, com a pulverização dos recursos para diferentes setores”, destacou Bley. “Assumimos o desafio de ajudar na manutenção e criação de empregos, principalmente durante a pandemia, e estamos cumprindo com nosso objetivo social. Tanto que recebemos o Prêmio Banking Transformation 2021 pelo Recupera Sul, um programa de crédito emergencial para a recuperação das empresas afetadas nesse período”.

Contratos – O maior contrato assinado nesta terça é com a cooperativa de crédito Cresol, no valor de R$ 120 milhões. O recurso vai ajudar no financiamento de empreendimentos dos clientes e cooperados, como projetos para geração de energias limpas e renováveis, salões de beleza, panificadoras, oficinas mecânicas, marcenarias, pequenas costureiras, entre outros.

Parceria - “Temos uma parceria com o BRDE desde 1997 e, a cada ano, fortalecemos mais esse trabalho. Começamos, na época, com um empréstimo de R$ 700 mil e agora chegamos a R$ 120 milhões”, ressaltou o presidente da Cresol, Alzemiro Thomé. “Com esse valor, vamos disponibilizar créditos a cerca de mil clientes, principalmente micro e pequenas empresas”.

Integrada - A Cooperativa Integrada financiou R$ 30 milhões, que serão investidos na melhoria das estruturas de recebimento e armazenamento de grãos, além de suporte aos cerca de 11,4 mil cooperados. A cooperativa conta com 15 unidades espalhadas no Estado, que vão receber esses investimentos, além de três indústrias e aproximadamente 2 mil funcionários.

Tranquilidade e solidez - “A modalidade de financiamento que contratamos com o BRDE, de Certificado dos Recebíveis do Agronegócio (CRA), tem um perfil de longo prazo, o que dá mais tranquilidade e solidez para a cooperativa negociar com os cooperados”, explicou o vice-presidente da Integrada, João Francisco Sanches Filho. “O banco é, provavelmente, nosso principal parceiro para fomentar os investimentos. A cooperativa tem 26 anos e, graças à parceria com o BRDE e o Governo do Estado, crescemos ano a ano”.

Copacol - Ainda entre as cooperativas, a Copacol assinou um contrato no valor de R$ 15 milhões para ampliação da estrutura e aquisição de equipamentos. A C.Vale fez uma operação no valor de R$ 19,6 milhões para a compra de equipamentos. Já o contrato com o Sicoob, de R$ 50 milhões, vai atender os associados de todo o Estado da cooperativa de crédito.

Empresas - Entre as operações de crédito com as empresas está um contrato no valor de R$ 25,3 milhões com a empresa Cavernoso III Energia, para a construção da Pequena Central Hidrelétrica (PCH) Cavernoso III. O empreendimento, que está sendo instalado no Rio Cavernoso, em Virmond, no Centro Sul do Estado, terá 6,5 MW de potência instalada.

Distribuidora de insumos - A distribuidora de insumos agrícolas Disan, que tem sede em São Miguel do Oeste e 27 unidades espalhadas na região Oeste, contratou um empréstimo de R$ 8 milhões para fomentar projetos do agronegócio, com investimentos na infraestrutura que seriam silos para a armazenamento de grãos. “São investimentos que trazem oportunidades de emprego e abre oportunidade para que mais pessoas participem do nosso negócio, que cresce junto com o agro”, afirmou a diretora da empresa, Leila Zorzetto.

Indústria de fertilizantes - O contrato da indústria de fertilizantes Agrocete foi de R$ 15 milhões. O recurso será usado para a ampliação da fábrica de inoculantes e construção de uma fábrica de fertilizantes e em um barracão armazenagem. A fabricante de tintas Alessi também fez um empréstimo no valor de R$ 15 milhões para a instalação de sua sede própria em Mandirituba, na Região Metropolitana de Curitiba.

Mais - Também foram assinados contratos com a empresa de transportes rodoviário Vale do Piquiri, que vai aplicar R$ 12,7 milhões em capital de giro; além de R$ 10 milhões para a ampliação das instalações e aquisição de equipamentos para a Metalkraft; e R$ 10 milhões para investimento e capital de giro para a produtora de sementes Sojamil.

Presenças - Participaram da solenidade o chefe da Casa Civil, Guto Silva; os secretários estaduais da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara; e do Planejamento e Projetos Estruturantes, Valdemar Bernardo Jorge; o diretor Administrativo do BRDE, Luiz Carlos Borges da Silveira; o diretor-presidente da Fomento Paraná, Heraldo Neves; e os deputados estaduais Hussein Bakri (líder do Governo), Gugu Bueno, Tião Medeiros, Doutor Baptista e Boca Aberta Júnior. O superintendente da Ocepar, Robson Mafioletti, esteve presente no evento, representando o presidente do Sistema Ocepar, José Roberto Ricken. (Com informações da Agência de Notícias do Paraná)

FOTO: Geraldo Bubniak / AEN

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias