Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias ENERGIA DISTRIBUÍDA: Fórum debate desafios e oportunidades

 

 

cabecalho informe

ENERGIA DISTRIBUÍDA: Fórum debate desafios e oportunidades

energia distribuida 14 06 2022O Sistema OCB participou do Fórum de Energia Cooperativa, evento realizado nos dias 8 e 9 de junho pela Confederação Alemã das Cooperativas (DGRV). O objetivo foi debater os desafios e as alternativas para o crescimento do setor no Brasil, em especial, no que tange a cobrança de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Produtos (ICMS) sobre a energia produzida e consumida pelas cooperativas. O encontro reuniu representantes de cooperativas e instituições de apoio no país.

Moderação - O coordenador de Meio Ambiente do Sistema OCB, Marco Morato, fez a moderação do painel Inovação social em energia e oportunidades nos resíduos agropecuários, além de comandar palestra como tema Apresentação de projetos e ações com as cooperativas de energia renovável. Segundo Morato, esse diálogo do movimento cooperativista é essencial para o avanço de políticas públicas que reconheçam o potencial do movimento na geração e distribuição de energia limpa.

Debate - “O Fórum promoveu o debate dos principais desafios das cooperativas, que vão desde a organização do setor, adoção de ações de compliance e necessidade de um trabalho efetivo para a desoneração da atividade, principalmente na esfera tributária. O Sistema OCB tem muito a contribuir tanto na capacitação destas cooperativas, como em questões institucionais para avançar na desoneração da atividade", reforçou Morato.

Abertura - A abertura do evento foi realizada pela diretora da DGRV-Brasil, Camila Japp e o primeiro painel abordou O movimento internacional da energia cooperativa. O debate destacou pessoas que atuam no centro da transição energética, com relato de experiências no mundo. Já o painel Ecossistemas de negócios das cooperativas de energia na Alemanha trouxe casos típicos das experiências alemãs no setor e potenciais lições para as cooperativas de energia brasileiras.

Compartilhamento - Outro tema de destaque no fórum foi o compartilhamento de produtos e serviços entre as cooperativas para o alcance de economia de escala, incluindo as tecnologias dos softwares de gestão. O aprimoramento da Resolução Normativa da Aneel 482/12, que, entre outras medidas, permite ao consumidor brasileiro gerar sua própria energia elétrica a partir de fontes renováveis também foi explorado, assim como as oportunidades de negócios entre União Europeia e Brasil para a economia de baixo carbono; e a geração compartilhada no planejamento energético nacional.

Impulsionamento - O fórum salientou, ainda, discussões sobre o impulsionamento na diversidade de geração de energia compartilhada, a defesa dos interesses do movimento cooperativista; as oportunidades no hidrogênio verde para as cooperativas de energia renovável; a sustentabilidade do modelo de negócios cooperativista; os desafios e oportunidades; e o conhecimento e disseminação da plataforma Energia.Coop.

Reuniões temáticas - Em reuniões temáticas foram debatidos, além da questão do ICMS, os modelos inclusivos mais comunicação, mais crédito; e a intercooperação e centralização. Ao final do evento, o grupo tomou a decisão de se constituir uma federação representativa para atuar em defesa dos interesses destas cooperativas, bem como compartilhar soluções com elas. (Sistema OCB)

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias