DESTAQUE

Ramos do Cooperativismo Brasileiro

At√© o ano de 2019, no Brasil t√≠nhamos 13 ramos distintos. Em 2020, ap√≥s um processo democr√°tico e uma avalia√ß√£o minuciosa dos benef√≠cios para as cooperativas, passamos para uma estrutura de 7 ramos. Alguns ramos se uniram, outros foram ressignificados. Agora, somos: agropecu√°rio; consumo; cr√©dito; infraestrutura; sa√ļde; trabalho produ√ß√£o de bens e servi√ßos; e transporte.

Na prática, o dia a dia da cooperativa permanece igual. Com essa nova organização dos ramos, ganhamos mais poder de representação, além de oferecer um atendimento ainda mais eficaz e estruturado para as nossas cooperativas.

 

agropecuario  1. Agropecu√°rio: O Ramo Agropecu√°rio re√ļne cooperativas relacionadas √†s atividades agropecu√°ria, extrativista, agroindustrial, aqu√≠cola ou pesqueira.  O papel da cooperativa √© receber, comercializar, armazenar e industrializar a produ√ß√£o dos cooperados. Al√©m, √© claro, de oferecer assist√™ncia t√©cnica, educacional e social. Hoje, segundo o IBGE, 48% de tudo que √© produzido no campo brasileiro passa, de alguma forma, por uma cooperativa.
consumo 2. Consumo: Este ramo √© composto por cooperativas que realizam compra em comum, tanto de produtos quanto de servi√ßos, para seus cooperados (supermercados, farm√°cias). Engloba, tamb√©m, as cooperativas formadas por pais para contrata√ß√£o de servi√ßos educacionais e tamb√©m aquelas de consumo de servi√ßos tur√≠sticos. A principal altera√ß√£o deste ramo foi a inclus√£o dos antigos ramos ‚ÄúEducacional‚ÄĚ e ‚ÄúTurismo e Lazer‚ÄĚ.
credito 3. Cr√©dito: O neg√≥cio, aqui, √© promover a poupan√ßa e oferecer solu√ß√Ķes financeiras adequadas √†s necessidades de cada cooperado. Sempre a pre√ßo justo e em condi√ß√Ķes vantajosas para os associados. Afinal, o foco do cooperativismo de cr√©dito s√£o as pessoas, n√£o o lucro.
infraestrutura 4. Infraestrutura: Formado por cooperativas que fornecem servi√ßos essenciais para seus associados, como energia e telefonia por exemplo. Seja repassando a energia de concession√°rias ou gerando a sua pr√≥pria, esses empreendimentos garantem o acesso dos cooperados a condi√ß√Ķes fundamentais para seu desenvolvimento. A principal altera√ß√£o neste ramo foi a incorpora√ß√£o do antigo ramo "Habitacional‚ÄĚ. Com isso, passa a incluir, tamb√©m, as cooperativas de constru√ß√£o de im√≥veis para moradia.
saude

5. Sa√ļde: O Brasil √© refer√™ncia neste ramo. Al√©m de sermos pioneiros no setor, somos o pa√≠s com maior n√ļmero de cooperativas dedicadas √† preserva√ß√£o e √† promo√ß√£o da sa√ļde humana. O segmento surgiu no Brasil e se expandiu para outros pa√≠ses. Com a moderniza√ß√£o, o NOVO ramo sa√ļde re√ļne cooperativas formadas por m√©dicos, odont√≥logos ou profissionais ligados √† √°rea de sa√ļde humana, enquadrados no CNAE 865, e tamb√©m as cooperativas de usu√°rios que se re√ļnem para constituir um plano de sa√ļde, pois s√£o consideradas operadoras. 

trabalho producao bens e servicos 6. Trabalho, Produ√ß√£o de Bens e Servi√ßos: Aqui est√° a maior das mudan√ßas no processo de moderniza√ß√£o. Esta √© a nova denomina√ß√£o do antigo Ramo Trabalho. A partir de agora, esse novo ramo engloba as cooperativas que prestam servi√ßos especializados a terceiros ou que produzem bens tais como beneficiamento de material recicl√°vel e artesanatos, por exemplo. Ele re√ļne todas as cooperativas de professores e dos antigos ramos "Produ√ß√£o", "Mineral", parte do "Turismo e Lazer" e, por fim, "Especial".
transporte 7. Transporte: Formado por cooperativas que atuam na presta√ß√£o de servi√ßos de transporte de cargas e passageiros. Essas cooperativas t√™m gest√Ķes espec√≠ficas para cada uma de suas modalidades: transporte individual (t√°xi e moto t√°xi), transporte coletivo (vans, micro-√īnibus e √īnibus), transporte de cargas ou moto frete e transporte escolar.

Fonte: Sistema OCB 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn
/* #### ANTIGA TAG DO GOOGLE ANALYTICS */