Imprimir
cabecalho informe

Informe Paraná Cooperativo - edição nº 5251 | 02 de Fevereiro de 2022

LOGÍSTICA: Com 4,1 milhões de toneladas transportadas, portos do Paraná têm melhor janeiro da história

 

logistica 02 02 2022O ano já começou com recorde na movimentação pelos portos do Paraná. Janeiro fechou com 4,15 milhões de toneladas de cargas, somando exportação e importação. O volume movimentado no primeiro mês é 15% maior que as quase 3,6 milhões de toneladas registradas no mesmo período de 2020 e o melhor janeiro da história dos portos. “Este foi o melhor primeiro mês que já tivemos em movimentação. É a primeira vez que passamos de quatro milhões de toneladas logo no primeiro mês”, comenta o diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia. O recorde anterior para o mês de janeiro havia sido registrado em 2016: 3,76 milhões toneladas.

 

Soja - “O novo recorde histórico foi puxado, principalmente, pelo aumento nas exportações, tendo a soja como principal produto”, destaca Garcia. O volume de soja exportado, explica, é inesperado para o mês e segue o ritmo que já vinha desde o final do ano passado. “Em janeiro do ano passado quase não foi embarcado soja por aqui. Neste ano, porém, foram 714.870 toneladas”, diz. Segundo os operadores do segmento, o volume no Porto de Paranaguá seria remanescente da safra passada, que os produtores agora precisam vender para abrir espaço para a nova safra.

 

Exportação – De volume exportado em janeiro foram quase 2,19 milhões de toneladas de cargas – 25% a mais que as 1,74 milhão de toneladas registradas em janeiro de 2021. Além da soja, os produtos mais embarcados no último mês pelos portos de Paranaguá e Antonina foram o farelo de soja (345.310 toneladas); açúcar (224.009 toneladas); milho (218.358 toneladas); e frango (176.425 toneladas).

 

Importação – No sentido inverso, o volume de carga importada pelos terminais paranaenses somou 1,8 milhão de toneladas, 7% a mais que as 1,68 milhão de toneladas importadas em janeiro do ano passado. Os produtos descarregados em maior volume nos portos de Paranaguá e Antonina foram os fertilizantes: 903.300 toneladas nos últimos 31 dias - quase 17% maior que as 772.838 toneladas desembarcadas em janeiro de 2021. Além dos adubos, os produtos mais descarregados no mês de janeiro foram os derivados de petróleo (410.834 toneladas); álcool (70.412 toneladas); e malte e cevada (69.090 toneladas). (AENPR)

Foto: Claudio Neves/AEN

 

SHOW RURAL COOPAVEL I: Pitchs, fóruns e hackathon entre as atrações do evento

 

show rural I 02 02 2022A inovação sempre foi um dos pontos estratégicos do Show Rural Coopavel, que ganha ainda mais atenção com a realização de evento voltado ao universo das novas tecnologias. O Show Rural Digital vai reunir em um mesmo ambiente o melhor de criações que promovem transformações profundas no cotidiano das pessoas, das empresas e do agronegócio. “De olho nisso, vamos oferecer inúmeras experiências e eventos a quem visitar o nosso espaço”, diz José Rodrigues da Costa Neto, o coordenador do Show Rural Digital. A agenda de segunda-feira, 7 de fevereiro, terá a realização do Iguassu Valley Show e o lançamento do Plano Vertical Agro Cascavel. “São inúmeros parceiros e empresas que estão ao nosso lado na realização de um evento que conecta o agro ao melhor da inovação”, afirma Neto.

 

Fórum de TI - Na terça-feira, as principais atividades serão a Governança Retail, Capital Empreendedor, Momento Smart Farm e a realização do Fórum TI de Cooperativas. “O fórum trará diretores de uma área cada vez mais estratégica nas cooperativas. Teremos aqui, representantes de dezenas de cooperativas do Brasil e do Paraguai”. Palestras com grandes nomes em seus segmentos no País, segundo Neto, vão criar uma atmosfera especial a essa programação.

 

Mais - O Show Rural Digital realizará também o Bootcamp, o Like a Farmer, o Pitch Capital Empreendedor e o Paraná Pitch Day, todos na quarta-feira. A essência desses eventos é aproximar diretores de empresas inovadoras de investidores ou de segmentos que possam vir a fazer parcerias com elas. A quinta-feira, 10, reserva a seguinte programação: reunião do SRI (Sistema Regional de Inovação) Iguassu Valley; Os Sharks no Agro, Hackathon, reunião com agentes de inovação, Farm Tank, pré-lançamento AgriHub Brasil (Mapa) e reunião do Comitê Gestor Regional Agronegócios. Na sexta acontecerão o Indústria 4.0 e experiência 5G. Outra das atrações será a experiência Metaverso, uma das primeiras do mundo com foco no agro. O Show Rural Coopavel acontece de segunda a sexta-feira, 7 a 11 de fevereiro de 2022, em Cascavel, no Oeste do Paraná. O acesso ao parque e o uso do estacionamento é gratuito. Para a segurança de todos, serão observadas regras sanitárias durante todo o evento. (Imprensa Coopavel)

 

SHOW RURAL COOPAVEL II: Embrapa lança novas tecnologias e curso em estratégias de produção

 

show rural II 02 02 2022A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária participa ativamente do Show Rural e, a exemplo do que fez em edições anteriores, trará inúmeras novidades aos produtores rurais neste ano. Na presença de autoridades, a Embrapa fará o lançamento de duas cultivares de soja (BRS 546 e BRS 559RR) e duas de feijão (BRS FC310 e BRS FS311). Além disso, ela fará a apresentação oficial de um curso de educação a distância com foco em estratégias de produção de materiais de plantio de mandioca.

 

Unidades - Onze unidades da Embrapa estarão presentes no 34º Show Rural. São elas: Embrapa Arroz e Feijão, Embrapa Cerrados, Embrapa Gado de Corte, Embrapa Mandioca e Fruticultura, Embrapa Milho e Sorgo, Embrapa Pantanal, Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, Embrapa Clima Temperado, Embrapa Suínos e Aves, Embrapa Soja e Embrapa Trigo. 

 

Os lançamentos -A BRS 546 é uma soja convencional altamente produtiva e que permite a semeadura antecipada, viabilizando sua inserção no sistema de sucessão e/ou rotação com outras culturas. Já a BRS 559RR é uma soja transgênica RR, com tolerância ao glifosato, portanto, pode ser usada como refúgio em áreas de soja Intacta. Associada a essa característica, apresenta excelente potencial produtivo e estabilidade de produção no Paraná.

 

Feijão -A cultivar BRS FC310 de feijão tem grãos do tipo carioca, ciclo semiprecoce (75-84 dias), excelente arquitetura e resistência moderada às bacterioses importantes à cultura do feijoeiro. Por sua vez, a BRS FS311 é uma cultivar de feijoeiro-comum do grupo rajado com alto potencial produtivo e grãos graúdos. Apresenta ainda ciclo semiprecoce, moderada resistência à antracnose e ao fusarium oxysporum e arquitetura ereta, que confere possibilidade de colheita mecânica direta.

 

Biosseguridade -A Embrapa trará novidades também sobre biossegurança para granjas de suínos. Elas vão ser apresentadas na vitrine tecnológica mantida pela empresa. Quem visitar o estande dela também terá acesso a informações sobre milho, sorgo e fruticultura. Atento às medidas sanitárias recomendadas pelas autoridades, o evento acontecerá em uma área de 720 mil metros quadrados. “Praticamente a totalidade das atrações e atividades serão em espaços abertos e arejados”, diz o presidente da Coopavel, Dilvo Grolli. Os visitantes terão que usar máscara no parque, que terá inúmeros pontos de distribuição de álcool em gel. (Imprensa Coopavel)

 

GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA: Sescoop/PR divulga lista dos classificados no processo seletivo 2022

 

graduacao tecnologica 02 02 2022O Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop/PR) divulgou, nesta quarta-feira (02/02), a lista dos aprovados no processo seletivo do curso de Graduação Tecnológica em Gestão de Cooperativas EAD. Ela está em ordem de classificação. O curso terá encontros quinzenais ao vivo via internet e provas presenciais duas vezes por semestre nos polos regionais. O conteúdo foi desenvolvido pelo Isae e a formação tem duração de quatro semestres. Os professores possuem conhecimento de mercado sobre o cooperativismo e haverá tutoria técnica e acadêmica, com suporte e acompanhamento em tempo real do progresso dos alunos. As matrículas poderão ser feitas até o dia 11 de fevereiro. A aula inaugural vai acontecer no dia 14 de fevereiro.

 

Clique aqui para conferir a lista dos aprovados

 

COAMO: Lançada nova plataforma de gestão e contratação de fretes

 

coamo 02 02 2022A inovação e a qualidade são valores da Coamo.  Acompanhando a evolução, a cooperativa lançou no dia 2 de fevereiro, por meio do seu canal no YouTube, uma nova plataforma de gestão e contratação de fretes, para beneficiar os transportadores rodoviários de cargas.

 

Pioneirismo - O Aplicativo Coamo Fretes foi lançado em 2018, sendo um dos pioneiros na área de Transportes no país. E agora, a cooperativa lança uma nova plataforma que integra as funcionalidades do aplicativo a uma  web page, propiciando aos frotistas a gestão centralizada da sua frota com relação a contratação de fretes com a Coamo. “Trata-se de um novo serviço, seguro e confiável, pelo qual, por meio do site Coamo, os frotistas, sejam eles transportadoras de cargas homologadas com a Coamo ou não, e mesmo pessoas físicas, podem ofertar seus serviços à cooperativa”, explica Marcelo Rodrigues Santana, chefe do departamento de Contratação de Transportes, da gerência de Transportes e Veículos da Coamo.

 

Parceiros - O gerente de Transportes da Coamo, Rodolpho Coletti Gomes Leite, reforça a importância da parceria com os frotistas para o desenvolvimento das atividades no dia  a dia da cooperativa e neste momento com o lançamento da nova plataforma. “Além do trabalho da nossa equipe formada por centenas de motoristas, os frotistas são importantes no trabalho de logística e operações da Coamo com o transporte de grãos, insumos e alimentos para várias regiões do Brasil.”

 

Evolução – Para o diretor de Logística e Operações da Coamo, Edenilson Carlos de Oliveira, antes era diferente a contratação de transportes. “Com a evolução do mercado, hoje estamos passando por uma ´uberização´, e esta plataforma vem dar agilidade e propiciar uma ganha-ganha entre a Coamo, seus clientes e parceiros. Com este serviço que estamos ofertando, o frotista que está carregando na ponta contrária, conseguirá visualizar oportunidades de cargas na cooperativa.”

 

Criação de oportunidades –“Desde 2018 quando lançamos o Aplicativo Coamo Fretes, já sabíamos que ele teria evolução, e é isso que está acontecendo, pois as necessidades geram inovação e possibilidades de evolução. Esta nova fase foi construída para atender as necessidades da Coamo e também dos nossos parceiros, voltadas para o ganha-ganha de todos”, explica Airton Galinari, presidente Executivo da Coamo. Galinari reforça que a Coamo proporciona muitas oportunidades aos seus parceiros, com a expansão e o crescimento das atividades da cooperativa. “São mais de 100 cargas por dia somente de Alimentos que saem das nossas indústrias para diversos estados, além de outras centenas de cargas de grãos, sem contar os insumos, e em breve com a fábrica de ração, teremos mais produtos a serem transportados, gerando assim novas oportunidades.” (Assessoria de Comunicação da Coamo)

 

 

UNIMED PONTA GROSSA: HGU e Laboratório conquistam selo de excelência pela Organização Nacional de Acreditação

 

O Hospital Geral Unimed (HGU) e o Laboratório Unimed receberam a acreditação ONA nível 3, certificação de excelência, pela Organização Nacional de Acreditação (ONA). Entre os 460 hospitais do Paraná, o HGU é o nono a conquistar o selo ouro. Nos Campos Gerais e no Sistema Unimed no estado, foi o primeiro, e continua sendo o único com este nível de acreditação. Já na área de análises clínicas, o Laboratório Unimed tornou-se o primeiro do estado a ser ONA 3. Nacionalmente, segundo dados do IQG – Health Services Accreditation, dos cerca de 6.800 hospitais brasileiros, apenas 447 são acreditados, representando aproximadamente 6,5% das instituições do país.

 

Novo ciclo - “É realmente um momento de alegria sermos certificados com nível de excelência e, como costumamos fazer nessa gestão, isso não serve de comodismo para nós. Vamos partir para os próximos anos, com um novo ciclo, visando à manutenção dessa certificação tanto no HGU quanto no Laboratório. Esperamos que seja algo que perpetue e que esteja presente no nosso dia a dia, no atendimento, no cuidado ao beneficiário, aos nossos colaboradores e aos nossos cooperados”, declarou Eduardo Bacila de Sousa, diretor-presidente da Unimed Ponta Grossa.

 

Avaliação - As instituições foram avaliadas pelo Instituto de Planejamento e Pesquisa para a Acreditação de Saúde (IPASS), a partir de critérios de segurança, gestão integrada dos processos e excelência em gestão. Com foco na segurança do paciente e melhoria contínua dos processos, os avaliadores buscam evidências de conformidade com os padrões do Manual Brasileiro de Acreditação nas diversas áreas, visando demonstrar ciclos de melhorias e maturidade institucional.

 

Desafio - Adriano Antunes da Silva, diretor técnico do IPASS dentro da ONA, acompanhou desde o início o caminho do HGU em todos os níveis de acreditação hospitalar e destaca o desafio de buscar a certificação durante a pandemia. “Esse certificado concede a vocês que o paciente está no centro do cuidado. Acima de tudo, a coroação do nível 3 de excelência é uma consequência, porque sabemos que temos uma instituição segura, que tem seus processos gerenciados que é o que os níveis 1 e 2 preconizam. Vocês conseguiram, nesses últimos dois anos, cada vez mais se sobressair sobre as adversidades. O nível 3 coroa isso, o ciclo de melhoria, o trabalho em equipe, a união de todos em prol do paciente”.

 

Reconhecimento interno -Nesta sexta-feira (28/01), a cooperativa médica realizou uma ação interna simbólica com as coordenações médicas, assistenciais e administrativas como forma de reconhecimento às equipes que se dedicaram a todo o processo de mudança de nível de acreditação. “Foi uma construção de muito trabalho, muita dedicação, muito suor. Hoje, conquistamos não só o certificado ao hospital, mas também, uma forma de mostrar que todo esse trabalho teve um resultado. Nós temos o compromisso com nossos pacientes de manter o jeito de cuidar Unimed e a segurança do nosso paciente em evidência para que nós nunca esqueçamos que esse é nosso maior legado”, ressaltou Jorge Soistak, gerente administrativo do HGU.

 

Compromisso - Durante a ação, que consistiu em uma entrega de medalhas aos colaboradores, Fernanda Razouk, gerente do Laboratório, salientou os esforços das equipes em conciliar o contexto da pandemia e o compromisso do cumprimento dos requisitos para a certificação. “Realmente é uma equipe que entrega muito resultado, que sempre está muito disposta, que consegue trabalhar com todas as adversidades que a gente enfrenta no dia a dia. Passamos por uma avaliação desafiadora, mas que nos trouxe um resultado maravilhoso, que é a certificação ONA3”.

 

Histórico - Existem três níveis de acreditação: Nível 1 – Acreditado, para instituições que atendem os critérios de segurança do paciente; nível 2 – Pleno, para instituições que também apresenta gestão fluida e comunicação entre as atividades; e nível 3 – Excelência, para instituições com cultura organizacional de melhoria contínua. O primeiro nível de acreditação pela ONA conquistado pelo HGU foi em 2013. O avanço de nível para o 2 aconteceu em 2019, quando o Laboratório Unimed também passou pela avaliação e recebeu a primeira certificação.

A adesão ao processo de acreditação é voluntária, já que a ONA não tem caráter de fiscalização e não é prescritiva. O certificado é válido por dois anos e, durante este período, são feitas as avaliações de manutenção de seis a oito meses. (Assessoria de Comunicação da Unimed Ponta Grossa)

 

{vsig}2022/noticias/02/02/unimed_ponta_grossa/{/vsig}

UNIMED LONDRINA: Começa 10ª edição da campanha de arrecadação de lacres de alumínio

 

unimed londrina 02 02 2022Mais de 13 toneladas de lacres de alumínio e 176 cadeiras de rodas. Estes são os números contabilizados pela campanha Eu Ajudo na Lata, da Unimed Londrina, ao longo de nove anos. A iniciativa traz uma ação ambiental e social em um único projeto e mobiliza pessoas de toda a comunidade na coleta de lacres. Os lacres de alumínio são arrecadados por escolas, empresas, clientes, pessoas comuns e entregues nos pontos de atendimento da Unimed Londrina. O material é comercializado e a renda, obtida com a venda é investida na compra de cadeiras de rodas, que tem como destino instituições beneficentes de Londrina e região.

 

Benefícios - A partir da sexta edição da campanha, a Unimed Londrina se comprometeu a doar uma cadeira a cada cinco unidades adquiridas pelo projeto, neste período, 24 cadeiras foram doadas pela cooperativa e 152 conseguidas através da ação da comunidade. A gerente de Sustentabilidade, Fabianne Piojetti, explica que esses equipamentos beneficiaram quase 50 mil pessoas atendidas por 62 instituições de Londrina e outros sete municípios da região: Assaí, Cambé, Alvorada do Sul, Porecatu, Ibiporã, Tamarana e Arapongas. Pela iniciativa, a Unimed Londrina recebeu, em 2012, um prêmio nacional do Sistema Unimed Brasil, em reconhecimento aos benefícios da campanha para a comunidade.

 

Inscrições de instituições - Até o dia 27 de fevereiro de 2022, estão abertas as inscrições do processo de seleção para entidades se habilitarem a participar como beneficiárias da campanha. Para saber mais detalhes sobre os critérios de participação e fazer a inscrição de uma instituição, acesse o link:  https://www.unimedlondrina.com.br/downloads/cliente/politica-participacao-condicao-de-beneficiada-campanha-eu-ajudo-na-lata-2022.pdf

 

Enquete - Assim como nas edições anteriores, a distribuição das cadeiras de rodas entre as instituições selecionadas será definida pela comunidade, por meio de uma enquete realizada a partir do mês de agosto no site da Unimed Londrina.

 

Coleta - A arrecadação de lacres de alumínio já começou e prossegue até o dia 31 de agosto de 2022. Todos podem ajudar coletando os lacres de latas de alumínio e entregando o material em um dos seguintes postos de arrecadação da Unimed Londrina: Sede Administrativa (Av. Ayrton Senna, 1.065), Clínica Multiprofissional e Clínica de Oncologia e Aplicação de Medicamentos (Av. Ayrton Senna, 555), Unimed Saúde (Av. Santos Dumont, 860), Clínica de Vacinas (R. Souza Naves, 999) e escritórios regionais de Cambé, Ibiporã, Rolândia, Arapongas e Assaí. Por conta da pandemia, o Pronto Atendimento não está recebendo lacres de alumínio no momento. (Assessoria de Comunicação da Unimed Londrina)

 

COPAGRIL: Cooperativa realiza assembleia e apresenta crescimento de 24% em 2021

 

copagril 02 02 2022Mesmo em um período marcado pela pandemia, perdas ocorridas na produção agrícola e diversos desafios, os negócios da Copagril resultaram em um crescimento de 24% a mais em relação ao ano anterior. O resultado foi apresentado durante a Assembleia Geral Ordinária (AGO), realizada na modalidade presencial e transmitida pelas redes sociais da cooperativa na última sexta-feira (28/01).

 

Desafios - O diretor-presidente da Copagril, Ricardo Sílvio Chapla, conduziu os trabalhos e durante a apresentação destacou que o ano trouxe desafios, mas que foram encarados por todos com muita responsabilidade. “Houve o entendimento e a confiança das pessoas envolvidas e assim foi possível continuar produzindo, industrializando e comercializando. Evidentemente, o reflexo desta determinação está nos resultados de toda cooperativa”, reforça Chapla.

 

Resultados positivos - Embora as perdas da produção agrícola foram bem significativas, a Copagril teve um crescimento em seu faturamento o ano passado, desconsiderando o faturamento da avicultura em função da intercooperação realizada com a coirmã Lar. Portanto, ao considerar todos os aspectos e acontecimentos ocorridos neste ano, foram obtidos bons resultados finais que proporcionarão uma boa distribuição de sobras para os cooperados.

 

Investimentos - Além das atividades mantidas, da Indústria de esmagamento de soja, a qual está em pleno funcionamento, foram realizados vários investimentos e melhorias em diversas unidades de negócios e de recebimento de cereais. O relatório de 2021 foi aprovado na AGO, onde também foram apresentadas e validadas as projeções e objetivos para 2022. “Em 2022 temos investimentos planejados com o objetivo de potencializar nossas atividades. E de mesmo modo, com várias oportunidades para os associados da Copagril ampliarem e diversificarem seus negócios, pois temos a necessidade de aumentar a capacidade produtiva e todos serão fundamentais neste processo”, completa do diretor-presidente Ricardo Chapla.(Imprensa Copagril)

 

COOPERAÇÃO: Sicredi Progresso e Colégio La Salle firmam acordo para ensinar educação financeira a estudantes

 

cooperacao 02 02 2022A Sicredi Progresso PR/SP e o colégio La Salle de Toledo, firmaram na manhã da terça-feira (01/02), um acordo de cooperação para implementação do programa social e educacional - Cooperação na Ponta do Lápis - que objetiva ensinar educação financeira aos estudantes. O momento foi celebrado na sede da cooperativa e contou com a presença de professores e gestores do colégio e dos representantes da Sicredi. 

 

Solenidade - O presidente, Cirio Kunzler e o diretor executivo, Inácio Cattani, fizeram a abertura das atividades e desejaram as boas-vindas aos professores. Em seguida, a assessora do Desenvolvimento do Cooperativismo, Miriam Sell, realizou a apresentação institucional do programa. “A metodologia propõe, que de uma forma simples e significativa, a educação financeira faça sentido para as crianças. E que desde a infância isso seja discutido com ela, seja na escola, em casa e em demais ambientes. Tudo é pensado para que ela tenha conhecimento, a fim de uma vida financeira próspera”, explica Miriam.

 

Presenças - O encontro contou com a participação especial da assessora pedagógica Isabella Carrer, que apresentou a parte pedagógica do Cooperação na Ponta do Lápis. Isabella também ministrará a formação que acontece até o mês de maio, e que prepara os professores para terem ainda mais autonomia para trabalhar o assunto em sala de aula. A coordenadora pedagógica do Ensino Fundamental Anos Iniciais, Anna Sampaio, contou que o tema da educação financeira vem ao encontro do que o Colégio La Salle planeja trabalhar com seus alunos em 2022. “Muito além dos nossos conteúdos de currículo, percebemos a necessidade de desenvolver com nossos alunos temas da vida cotidiana, como educação financeira, relações interpessoais, emoções e outros. O nosso aluno já é parte da sociedade e precisamos cada vez mais prepará-lo para o futuro. A formação que o Sicredi nos proporcionará sobre educação financeira será muito importante, estamos abertos para aprender e repassar esse conhecimento para os estudantes no dia a dia na escola”. O Colégio La Salle é uma Instituição de ensino reconhecida no Município de Toledo por seu caráter inovador. Atualmente oferece ensino desde a Educação Infantil ao Ensino Médio.

 

Na Ponta do Lápis -O Sicredi acredita que pode transformar a relação das pessoas com o dinheiro e para criou o Programa Cooperação na Ponta do Lápis.  Por meio dele, ajuda as pessoas a terem uma vida financeira mais sustentável. Leva o tema para as regiões em que está presente, para permitir o crescimento de associados, crianças, jovens, adultos e da comunidade.

Na prática, o Cooperação na Ponta do Lápis chega ao Colégio La Salle para inserir o tema da educação financeira nas turmas de 1º a 5º ano do Ensino Fundamental. O Sicredi será responsável pela formação dos professores envolvidos, em oferecer assessoria pedagógica para o desenvolvimento das atividades, além de materiais em um kit personalizado sobre a temática. Nesse primeiro momento, 15 professores integram a turma em formação.

 

Metodologia - A Fundação Sicredi desenvolveu uma metodologia própria para auxiliar os professores no desenvolvimento de atividades e na conexão dos temas curriculares com a educação financeira e o dia a dia dos alunos. O Programa já está sendo desenvolvido nos municípios de Nova Santa Rosa e Tupãssi – locais de atuação da Sicredi Progresso PR/SP. Agora, chega em Toledo no Colégio La Salle.

 

Sicredi Progresso PR/SP - Com 40 anos de atuação a Sicredi Progresso PR/SP está presente na vida de mais de 53 mil associados. Nossa história, construída na essência da cooperação, nos permite ter atualmente 20 agências distribuídas na área de ação nos estados do Paraná e São Paulo. Destas, 13 estão no Paraná e outras 7 em São Paulo. Nosso capital humano conta com mais de 350 colaboradores focados nos valores do cooperativismo e na oferta de produtos e serviços financeiros adequados aos associados, de um jeito simples e próximo. A Sicredi Progresso integra o Sistema Sicredi que hoje está em 25 estados e no Distrito Federal. (Imprensa Sicredi Progresso PR/SP)

 

CRESOL: Cooperativa lança a Campanha Drible com craques do esporte

 

cresol 02 02 2022Já parou para pensar que o setor esportivo e o financeiro podem ter mais coisas em comum do que imaginamos? Foi justamente encontrando as semelhanças entre estes dois universos que a Cresol, uma das principais cooperativas de crédito no País, buscou inspiração para fazer a campanha nacional “Drible”, que tem a estreia marcada para o dia 1º de fevereiro. A campanha, desenvolvida pela Diretoria de Comunicação e Relacionamento da Cresol e executada pela agência paranaense Idéxis, mostra como as pessoas driblam os percalços do dia a dia, fazendo um paralelo ao esporte, uma das principais bandeiras da instituição.

 

Nacional - Com alcance nacional e veiculação em TV, rádio, jornais e revistas nas praças onde a Cresol atua, além das plataformas digitais, a ação contará com a participação de quatro atletas de alto rendimento: Leozinho (ala da Seleção Brasileira de Futsal), Camila Soares (zagueira/volante da Seleção Brasileira de Futebol), Franciane Richter (jogadora de vôlei) e Anderson Ferreira (jogador da Seleção Brasileira de Basquete em cadeira de rodas), além de outras esportistas como elenco de apoio. Foram produzidos manifesto e testemunhais que serão disponibilizados em diferentes versões. Além disso, a campanha também contará com bumpers e spots adaptados para as redes sociais.

 

Filmes - No primeiro, o filme mostra os quatro atletas em “situações de jogo”, que os estimulam a ações como: fazer escolhas, ter iniciativa, movimentar-se, ousar, cooperar, confiar, para dominarem a situação e atingirem seus objetivos. O enredo é finalizado com a formação de um time composto por diversos jogadores, de modalidades distintas, e a torcida comemorando, reforçando a importância destas atitudes e de saber com quem contar na vida. Já no segundo, em formato testemunhal, os quatro atletas trazem depoimentos de acordo com a sua vivência, onde a intenção é demonstrar que mesmo cada um tendo o seu jeito, se todos cooperarem é possível “jogar junto”.

 

Ideia essencial - “A ideia central é demonstrarmos que driblar as adversidades da vida é essencial. Queremos reforçar a importância de fazer boas escolhas, inclusive financeiras, fazer um bom planejamento, sempre procurando parceiros confiáveis que possam nos ajudar a alcançar todos os objetivos. Além disso, fazendo um comparativo entre esporte e finanças, principalmente nas modalidades de esporte coletivo, a cooperação é a palavra-chave para que as coisas aconteçam e essa também é a essência da Cresol. Por isso, iniciarmos 2022 com uma campanha com este tema é muito significativo e propício para o contexto da nossa atuação”, explica Adriano Michelon, vice-presidente da Cresol.

 

Locações - Para as gravações foram utilizados dois ginásios esportivos da cidade de Cascavel (PR), mesma cidade da Agência Idéxis, que é a responsável pela criação de todos os roteiros da campanha, e da Check Films, que ficou com a parte da produção dos filmes.

 

Ficha técnica -

Agência: Idéxis

Criação e roteiro: Suellen Colpani

Produtora: Check Films

Direção de cena: Douglas Frigeri

Direção de fotografia: Luiz Maximiano

Diretor de produção: Carol Liviera

Direção de arte: Suellen Colpani

Maquinária: Check Films

Atores / atletas: Leozinho (Futsal), Franciane (Vôlei), Camila (Futebol), Anderson (Basquete)

Edição, finalização e color: Check Films

 

Sobre a Cresol - Com mais de 26 anos de história, 680 mil cooperados e 682 agências de relacionamento em 17 estados, a Cresol é uma instituição financeira que está se consolidando entre as principais cooperativas de crédito do País. Com foco no atendimento personalizado, a Cresol fornece soluções financeiras para pessoas físicas, empresas e empreendimentos rurais. Em 2021, a cooperativa encerrou o ano com R$ 16,8 bilhões em ativos e destacou sua solidez entre as instituições financeiras cooperativas. (Imprensa Cresol)

 

SAÚDE I: Covid-19: Brasil registra 929 mortes e 193 mil casos em 24 horas

 

saude I 02 02 2022O Brasil registrou em 24 horas 929 mortes em decorrência de complicações associadas à covid-19, de acordo com dados divulgados pelo Ministério da Saúde na terça-feira (01/02) com informações enviadas por secretarias municipais e estaduais de saúde. Com isso, o Brasil se reaproxima do patamar dos 1 mil óbitos diários, registrado em setembro do ano passado. No total, 628.067 pessoas perderam a vida para a covid-19. Segunda-feira (31/01), o sistema de informações da pandemia contabilizava 627.138 vítimas que não resistiram à doença. A quantidade de pessoas que contraíram a doença desde a chegada da pandemia ao Brasil atingiu 25.620.209.

 

Dados - Nas últimas 24 horas, foram confirmados 193.465 novos diagnósticos positivos de covid-19. Segunda-feira, o sistema de informações do Ministério da Saúde marcava 25.426.744 casos acumulados. Ainda há 3.188 falecimentos em investigação. Os óbitos em investigação ocorrem pelo fato de haver casos em que o paciente faleceu, mas a investigação ainda demanda exames e procedimentos posteriores para determinar se a causa foi covid-19. A quantidade de casos em acompanhamento de covid-19 está em 2.638.781. O termo é dado para designar casos notificados nos últimos 14 dias que não tiveram alta nem evoluíram para morte.

 

Recuperados - Até hoje, 22.353.361 pessoas se recuperaram da covid-19. O número corresponde a 87,2% dos infectados desde o início da pandemia. Os números em geral são menores aos domingos, segundas-feiras o nos dias seguintes aos feriados em razão da redução de equipes para a alimentação dos dados. Às terças-feiras e dois dias depois dos feriados, em geral há mais registros diários pelo acúmulo de dados atualizado.

 

Estados -Segundo o balanço do Ministério da Saúde, São Paulo é o estado com mais mortes registradas, com 158.160, seguido de Rio de Janeiro (69.922), Minas Gerais (57.331), Paraná (41.281) e Rio Grande do Sul (36.943). Já os estados com menos óbitos resultantes da pandemia são Acre (1.877), Amapá (2.053), Roraima (2.096), Tocantins (4.004) e Sergipe (6.103).

 

Vacinação -Até esta terça-feira (1/02), foram aplicados 356,5 milhões de doses, sendo 165 milhões com a primeira dose e 151,8 milhões com a segunda dose ou dose única. Outros 39 milhões já receberam a dose de reforço. (Agência Brasil de Notícias)

 

SAÚDE II: Secretaria da Saúde confirma mais 24.276 casos e 42 óbitos pela Covid-19

 

saude II 02 02 2022A Secretaria de Estado da Saúde divulgou na terça-feira (01/02) mais 24.276 casos confirmados e 42 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus. Os casos são referentes aos meses ou semanas anteriores e não necessariamente representam a notificação das últimas 24 horas. Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná soma 1.987.643 casos confirmados e 41.056 mortos pela doença.

 

Casos - Os casos são de fevereiro (4.264) e janeiro (14.950) de 2022; e dezembro (180), novembro (189), outubro (192), setembro (236), agosto (348), julho (427), junho (770), maio (788), abril (513), março (717), fevereiro (380) e janeiro (322) de 2021. Os óbitos são de fevereiro (3), janeiro (38) de 2022; e abril (1) de 2021.

 

Internados – 165 pacientes com diagnóstico confirmado estão internados em leitos SUS (67 em UTIs e 98 em leitos clínicos/enfermaria) e nenhum em leitos da rede particular (UTI ou leitos clínicos/enfermaria). Há outros 1.383 pacientes internados, 466 em leitos de UTI e 917 em enfermarias, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos.

 

Óbitos – A Sesa informa a morte de mais 42 pacientes. São 23 mulheres e 19 homens, com idades que variam entre 0 e 99 anos. Os óbitos ocorreram entre 9 de abril de 2021 e 1º de fevereiro de 2022. Os pacientes que morreram residiam em Curitiba (19), União da Vitória (2), Rolândia (2), Matinhos (2), Campo Mourão (2), Vitorino, Toledo, Siqueira Campos, Sengés, Sarandi, Quedas do Iguaçu, Ponta Grossa, Nova Aurora, Mangueirinha, Londrina, Jataizinho, Cascavel, Capitão Leônidas Marques, Cambé e Arapongas.

 

Fora do Paraná – O monitoramento da Sesa registra 9.572 casos de residentes de fora do Estado, 225 pessoas morreram. (AENPR)

 


Versão para impressão


RODAPE