INFRAESTRUTURA: Duplicação da Rodovia das Cataratas deve começar em julho

infraestrutura 30 06 2022O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) trabalha com a perspectiva de assinar o contrato para a obra de duplicação da Rodovia das Cataratas (BR-469) em Foz do Iguaçu, na região Oeste, já na primeira semana de julho. O Consórcio Dalba/Bandeirantes, vencedor da licitação, está providenciando a documentação necessária para a contratação, já tendo realizado registro na Junta Comercial de São Paulo.

Investimento - O investimento será de R$ 129,66 milhões para executar a obra, em um trecho de 8,7 quilômetros, entre o trevo de acesso à Argentina e o portal de entrada do Parque Nacional Iguaçu. Também serão implantadas vias marginais, passeios, ciclovia, uma nova ponte sobre o Rio Tamanduá, passa-faunas, iluminação com LED e quatro viadutos, no km 2,2, no km 3,9, no km 7,6 e no acesso ao Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu.

Plano de trabalho - Após a assinatura de contrato e emissão de ordem de serviço, o consórcio terá até 15 dias úteis para apresentação do plano de trabalho da obra, prevendo a sequência dos serviços a serem realizados, em quais locais, além do pessoal e materiais necessários, para aprovação do DER/PR.

Primeira fase - A primeira fase da duplicação será a mobilização de funcionários, equipamentos e veículos, a aquisição de insumos e a instalação do canteiro, composto por escritório administrativo, escritório de serviço e fiscalização, portaria, almoxarifado geral para estocar os materiais da obra, e um laboratório de campo.

Prazo de execução - O prazo de execução é de 18 meses, período durante o qual também será executada a restauração e manutenção do pavimento da BR-469, bem como melhorias na faixa de domínio da rodovia.

Parceria - A obra é resultado de convênio entre o Governo do Paraná, governo federal e a Itaipu Binacional, que é a responsável pelos recursos. A parceria conta, ainda, com as obras da nova Ponte da Integração Brasil – Paraguai e sua rodovia de acesso em Foz do Iguaçu; em Cascavel, a duplicação da BR-277 e do Contorno Oeste; a pavimentação da Estrada da Boiadeira, entre Umuarama e Icaraíma; a pavimentação entre Ramilândia e Santa Helena; a restauração da Ponte Ayrton Senna entre Paraná e Mato Grosso do Sul (Guaíra); a nova iluminação viária na BR-277 em Foz do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu e São Miguel do Iguaçu; e, futuramente, a implantação de um contorno em Guaíra. Inclui, também, o Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA) de nova ponte ligando Paraná e Mato Grosso do Sul, em Porto São José, distrito de São Pedro do Paraná. (Agência Estadual de Notícias)

FOTO: Ari Dias / AEN

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn