Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias ARTIGO: Cooperativismo de crédito é alternativa ao sistema financeiro tradicional

 

 

cabecalho informe

ARTIGO: Cooperativismo de crédito é alternativa ao sistema financeiro tradicional

artigo 30 06 2022*Eleutério Benin

Com gera√ß√£o de impacto positivo nas comunidades onde atua, o cooperativismo de cr√©dito tem se mostrado uma op√ß√£o alternativa para quem, ao investir seu dinheiro, promove a constru√ß√£o de uma sociedade mais pr√≥spera. Essa possibilidade vem se fortalecendo h√° mais de um s√©culo no Brasil, a partir de conceitos como ajuda m√ļtua, solidariedade e colabora√ß√£o e que foram desenvolvidos na pr√°tica pelo padre su√≠√ßo Theodor Amstad, fundador da primeira cooperativa de cr√©dito do pa√≠s, em 1902, e que seguem como princ√≠pios do modelo de neg√≥cio at√© hoje.

Desde a sua funda√ß√£o, um dos diferenciais do cooperativismo de cr√©dito √© a busca constante pela valoriza√ß√£o e fortalecimento do relacionamento com o associado. Essa proximidade √© a base do modelo, constru√≠do de modo participativo em sua ess√™ncia. Os associados, como donos do neg√≥cio, atuam de forma igualit√°ria nas decis√Ķes da cooperativa, visando √† promo√ß√£o da gera√ß√£o de renda e desenvolvimento regional das √°reas de atua√ß√£o.

Um benef√≠cio cont√≠nuo descrito na pesquisa ‚ÄúBenef√≠cios Econ√īmicos do Cooperativismo de Cr√©dito na Economia Brasileira‚ÄĚ, da Funda√ß√£o Instituto de Pesquisas Econ√īmicas (Fipe). O levantamento demonstra que o cooperativismo incrementa o Produto Interno Bruto (PIB) per capita dos munic√≠pios onde atua em 5,6%, cria 6,2% mais vagas de trabalho formal e aumenta o n√ļmero de estabelecimentos comerciais em 15,7%.

Al√©m do desenvolvimento regional, o cooperativismo de cr√©dito realiza a√ß√Ķes de responsabilidade social e de impacto positivo diretamente nas comunidades com movimentos de apoio √† economia local, aos produtores rurais, de educa√ß√£o financeira, inclus√£o de jovens e mulheres, e da amplia√ß√£o no uso de fontes de energia renov√°veis.

Um movimento colaborativo que vem crescendo nos √ļltimos anos aliando tamb√©m a necessidade cada vez mais latente da popula√ß√£o na busca por neg√≥cios mais sustent√°veis e conscientes.

O cooperativismo de crédito representa essa nova forma de pensar em economia, somada à experiência de mais de um século de atuação em todo o Brasil. E, por isso, cada vez mais pessoas estão se conscientizando que a escolha pela instituição financeira também pode ser uma decisão para geração de impacto positivo na sociedade.

*Eleutério Benin é diretor executivo da Sicredi Iguaçu PR/SC/SP, cooperativa que atua na região de Campinas (SP), no interior do Paraná e de Santa Catarina

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias

/* #### ANTIGA TAG DO GOOGLE ANALYTICS */