Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias DIA INTERNACIONAL: Juntos, construindo um mundo melhor

 

 

cabecalho informe

DIA INTERNACIONAL: Juntos, construindo um mundo melhor

cooperativismo ocepar 02 07 2021

100º Dia Internacional das Cooperativas da ACI

28º Dia Internacional das Cooperativas da ONU

Estamos nos aproximando de um momento muito importante para o nosso movimento. Este sábado (02/07) é o Dia Internacional do Cooperativismo. Será a centésima celebração da data, instituída pela Aliança Cooperativa Internacional (ACI), entidade que representa as cooperativas de todos os países. Isto é um feito relevante, pois trata-se da marca de um século do Dia Internacional do Cooperativismo.

No mundo, há três milhões de cooperativas, com um bilhão de cooperados, o que representa 12% de toda a humanidade. No Brasil, de acordo com o Sistema OCB, são 5.314 cooperativas, agregando 15,5 milhões de cooperados. E, no Paraná, temos registradas atualmente 216 cooperativas, somando 2,7 milhões de cooperados.

Este ano, o tema escolhido pela ACI para o Dia Internacional é “Cooperativas constroem um mundo melhor”, o mesmo utilizado há 10 anos para celebrar o Ano Internacional das Cooperativas, declarado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2012. Voltar a esse tema da construção de um mundo melhor é uma oportunidade para nós refletirmos sobre a realidade que o mundo vive, com essa ameaça de conflitos, a polarização política em vários países, entre tantos outros fatores que nos fazem pensar sobre a missão importantíssima que o cooperativismo possui.

Nosso movimento tem a missão de mostrar que, com a cooperação, nós podemos avançar mais e melhor no nosso dia a dia. Isso se contrapõe à realidade atual, em que prevalece somente a competição entre as empresas e entre as pessoas, de uma forma até selvagem. Não é possível que predomine a ideia de “nós contra eles”, o rural versus urbano, o pequeno e o grande. Isso tudo provoca muita divisão e nós temos que provar para a sociedade que existe uma outra opção mais inteligente de viver, ou seja, com união e solidariedade. Especialmente em algumas áreas, como economia e comércio, por exemplo, há ainda aquela visão de que um tem que estar contra o outro, quando nós podemos nos unir e, de forma conjugada, encontrar algo melhor e maior. Essa visão de construção resume o espírito desse Dia Internacional que estamos celebrando agora.

Entre nós, o cooperativismo tem também o papel de organizar economicamente as pessoas, para que elas tenham mais renda, conquistem uma condição social melhor para cada um, para os familiares e para a comunidade. Então, a gente ousa dizer que, onde tem uma cooperativa bem organizada, a sociedade é mais desenvolvida. Até o IDH, Índice de Desenvolvimento Humano, que calcula a qualidade de vida da população, é maior.

No Paraná podemos constatar isso em várias regiões. Atualmente é comum as cooperativas terem que buscar profissionais em locais distantes para trabalhar em suas unidades e se integrar nesses movimentos, principalmente da agroindústria, gerando emprego e renda nas localidades onde atuam. E eu penso que a sociedade, de maneira geral, reconhece isso. O próprio governo, inúmeras vezes, comunica para a sociedade esses benefícios proporcionados pelo cooperativismo, que se traduzem em desenvolvimento econômico e social.

Nós, que hoje estamos liderando o movimento cooperativo em âmbito local, regional, estadual e nacional, temos a responsabilidade de dar sequência a esse trabalho. Trata-se de uma cultura do bem, que busca o melhor para as pessoas, para que elas tenham qualidade de vida.

Há vários cooperativistas brasileiros que se sobressaem internacionalmente. E agora, na última eleição ocorrida há poucos dias, nós tivemos a confirmação do presidente da OCB, Márcio Lopes de Freitas, no Conselho da ACI novamente. Essa é uma demonstração de que o mundo vê o cooperativismo brasileiro como um destaque. E isso é verdadeiro. Nós temos sim um cooperativismo bastante integrado, com uma entidade nacional que faz a representação e defesa do setor, a OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras). Poucos países têm uma entidade única de defesa e organização das cooperativas como aqui no Brasil. E nós precisamos dar sequência a esse trabalho.

Então, vamos todos os cooperativistas paranaenses, com a sociedade organizada e as comunidades onde estão inseridos os projetos das cooperativas, construir um mundo melhor. É algo que conquistaremos a partir do local onde vivemos. Não dá para esperar que alguém nos proporcione um cenário ideal. É necessário fazer a nossa parte e criar oportunidades. Somando isso, teremos um ambiente mais próspero e fraterno para todos.

José Roberto Ricken

Presidente do Sistema Ocepar

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias

/* #### ANTIGA TAG DO GOOGLE ANALYTICS */