Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias IPCA: Inflação desacelera e taxa é de 0,23% em maio

 

 

cabecalho informe

IPCA: Inflação desacelera e taxa é de 0,23% em maio

ipca 07 06 2023A infla√ß√£o oficial do m√™s de maio ficou em 0,23%, 0,38 ponto percentual (p.p.) abaixo da taxa de 0,61% registrada em abril. O resultado √© do √ćndice Nacional de Pre√ßos ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgado nesta sexta-feira (07/06) pelo IBGE. Em 2023, a alta acumulada do IPCA √© de 2,95%. J√° nos √ļltimos 12 meses, o √≠ndice √© de 3,94%. Em maio de 2022, a varia√ß√£o da infla√ß√£o havia sido de 0,47%.

Grupos - Os grupos de Transportes (-0,57%) e de Artigos de resid√™ncia (-0,23%) foram os √ļnicos a registrarem queda no IPCA de maio. No primeiro, destacam-se os recuos nos pre√ßos das passagens a√©reas (-17,73%), al√©m do resultado de combust√≠veis (-1,82%), por conta das quedas do √≥leo diesel (-5,96%), da gasolina (-1,93%) e do g√°s veicular (-1,01%).

Desacelera√ß√£o - A desacelera√ß√£o do √≠ndice em maio tamb√©m foi influenciada pelo resultado do grupo de Alimenta√ß√£o e bebidas, que passou de 0,71% em abril para 0,16% em maio, explica Andr√© Almeida, analista da pesquisa. ‚ÄúTrata-se do grupo com maior peso no √≠ndice, o que acaba influenciando bastante no resultado geral‚ÄĚ.

Destaque - O principal destaque foi na alimenta√ß√£o no domic√≠lio, que passou de 0,73% no m√™s anterior para uma estabilidade em maio. O grupo registrou queda nos pre√ßos das frutas (-3,48%), do √≥leo de soja (-7,11%) e das carnes (-0,74%). Por outro lado, a alta teve como destaque a infla√ß√£o do tomate (6,65%), do leite longa vida (2,37%) e do p√£o franc√™s (1,40%). ‚Äú"Nos casos do tomate e do leite, os aumentos de pre√ßo est√£o relacionados a uma menor oferta‚ÄĚ, explica Almeida.

Alta - Entre os demais seis grupos, todos apresentaram alta nos pre√ßos. A infla√ß√£o em Sa√ļde e cuidados pessoais teve o maior impacto (0,12 p.p.) e a maior varia√ß√£o (0,93%) com destaque para plano de sa√ļde (1,20%) e itens de higiene pessoal (1,13%), com especial influ√™ncia para a alta do subitem perfumes (3,56%). Tamb√©m os produtos farmac√™uticos, com alta de 0,89%, contribu√≠ram para o resultado, ap√≥s a autoriza√ß√£o do reajuste de at√© 5,60% no pre√ßo dos medicamentos, a partir de 31 de mar√ßo.

Habita√ß√£o - J√° o grupo Habita√ß√£o, com alta de 0,67%, contribuiu para a alta IPCA de maio. ‚ÄúHouve influ√™ncia dos pre√ßos da √°gua e esgoto e da energia el√©trica, que registraram reajustes em algumas capitais", justifica o analista da pesquisa. A maior contribui√ß√£o (0,05 p.p.) veio da taxa de √°gua e esgoto, com varia√ß√£o de 2,67%, devido a reajustes aplicados em seis √°reas de abrang√™ncia do √≠ndice (Recife, S√£o Paulo, Aracaju, Curitiba, Bel√©m e Goi√Ęnia). J√° a varia√ß√£o de energia el√©trica residencial, de 0,91%, contribuiu com 0,04 p.p, muito por conta de reajustes aplicados em seis √°reas capitais (Salvador, Recife, Fortaleza, Campo Grande, Belo Horizonte e Aracaju).

√ćndices regionais - Em rela√ß√£o aos √≠ndices regionais, somente uma √°rea apresentou defla√ß√£o no IPCA de maio: S√£o Lu√≠s (-0,38%), influenciada pelas quedas de 7,63% no frango inteiro e de 5,87% na gasolina. A maior varia√ß√£o foi em Fortaleza (0,56%), com especial contribui√ß√£o dos subitens jogos de azar (12,18%) e de energia el√©trica residencial (3,71%).

INPC tem alta de 0,36% e tamb√©m desacelera em maio Tamb√©m hoje foi divulgado o √ćndice Nacional de Pre√ßos ao Consumidor (INPC). A varia√ß√£o em maio foi de 0,36%, abaixo do registrado em abril (0,53%). No ano, o INPC acumula alta de 2,79% e, nos √ļltimos 12 meses, de 3,74%. A taxa de maio de 2022 foi de 0,45%.

Alimentícios - O INPC mostra que os produtos alimentícios subiram 0,16%, após alta de 0,61% em abril. Já os produtos não alimentícios registraram alta de 0,43%, desacelerando em relação ao resultado de 0,50% de abril.

Mais sobre as pesquisas - O IPCA abrange as fam√≠lias com rendimentos de 1 a 40 sal√°rios m√≠nimos, enquanto o INPC, as fam√≠lias com rendimentos de 1 a 5 sal√°rios m√≠nimos, residentes nas regi√Ķes metropolitanas de Bel√©m, Fortaleza, Recife, Salvador, Belo Horizonte, Vit√≥ria, Rio de Janeiro, S√£o Paulo, Curitiba, Porto Alegre, al√©m do Distrito Federal e dos munic√≠pios de Goi√Ęnia, Campo Grande, Rio Branco, S√£o Lu√≠s e Aracaju. Acesse os dados no Sidra. O pr√≥ximo resultado do IPCA, referente a junho, ser√° divulgado em 11 de julho. (Ag√™ncia IBGE de Not√≠cias)

FOTO: Acervo IBGE

 

ipca quadro 07 06 2023

icone prcoop icone instagram icone facebook icone X icone linkedin icone youtube icone flickr icone endereco