Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias AGRO: Programa de capacitação em ILPF entrega certificados aos participantes

 

 

cabecalho informe

AGRO: Programa de capacitação em ILPF entrega certificados aos participantes

Um programa inédito de capacitação em Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) foi finalizado na noite de quinta-feira (06/06) durante evento em Maringá, com a entrega dos certificados a 32 participantes, dentre os quais profissionais técnicos da Cocamar Cooperativa Agroindustrial, do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR-Paraná), da cooperativa de profissionais de agronomia Unicampo e instrutores do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-PR). Lançada em 30 de março de 2023, em Maringá (PR), a realização do Sistema Faep/Senar-PR e da Cocamar contou com o apoio da Associação Rede ILPF, da Embrapa e do IDR-Paraná.

Nivelamento - Além das aulas, o programa constou também de visitas a várias propriedades rurais e instituições. De acordo com o gerente técnico de ILPF da cooperativa, Emerson Nunes, o curso abordou uma série de temas específicos para o nivelamento técnico dos profissionais, entre eles culturas, pastagens, fertilidade do solo, uso da água, gestão da propriedade, uso de ferramentas digitais e a parte florestal, que compuseram módulos.

Equipe técnica - “Tudo foi pensado para uso em sistemas integrados e um ponto importante a destacar é que entre os participantes estavam engenheiros agrônomos, médicos-veterinários, engenheiros florestais e zootecnistas, ou seja, houve a junção de uma equipe técnica para que, dentro de um sistema integrado, todos eles possam trabalhar também de forma integrada”.

Trabalhar em conjunto - Nunes explica que é comum acontecer em uma propriedade onde tenha sido adotada a integração, apenas o engenheiro agrônomo ou o médico-veterinário estarem capacitados. “Para o sucesso da integração em uma propriedade, é preciso que essas especialidades trabalhem em conjunto, lembrando que um programa de ILPF não é de curto prazo e, sim, duradouro”.

Aulas práticas - A capacitação foi importante ainda, segundo Nunes, porque em vários módulos houve aulas práticas, como nas visitas à Embrapa Agropecuária Oeste em Dourados (MS) e na Embrapa Soja, em Londrina (PR), além de dias de campo em Ipameri (GO), Iporã e Guairaçá, no Paraná, essas duas últimas em unidades de difusão de tecnologias (UDTs) da Cocamar.

Regulagem de máquinas - Na de Guairaçá, os participantes receberam ensinamentos sobre a regulagem de máquinas como plantadeiras e colheitadeiras. E, em visita a uma instituição de ensino, tiveram aulas de inseminação artificial. “Enfim, foi um curso bastante completo que a gente pode até chamar de uma especialização”, finalizou.

Projetos - O grupo participou também da elaboração de 19 projetos a partir da escolha de algumas propriedades situadas nas regiões da Cocamar que já adotam a integração, apresentados no dia 2 de abril para uma banca. Na avaliação geral, os resultados foram considerados positivos e há a expectativa, inclusive, de que venham a ajudar a fomentar a ILPF nas regiões, pois as propriedades devem se tornar áreas modelo.

Premiados I - Três deles receberam premiação. Na primeira colocação ficou o da Agropecuária Zafanelli, de Alto Paraíso, na região de Umuarama, elaborado pelos técnicos Avner Paes Gomes, Luiz Henrique da Silva Lima e Rodrigo César Rossi, do IDR/PR.

Premiados II - Em segundo lugar, o projeto da Fazenda Nata, de Centenário do Sul, apresentado pelo engenheiro agrônomo José Matheus Rodrigues e a médica-veterinária Telma Veruska Forza, da Cocamar; e, em terceiro, o da Fazenda Nossa Senhora Aparecida, de Terra Rica, assinado pelo engenheiro agrônomo Jorge Luiz Boregio Vecchi e a médica-veterinária Isabela Benjamin Fernandes Melo, da Cocamar. (Assessoria de Imprensa Cocamar)

icone prcoop icone instagram icone facebook icone X icone linkedin icone youtube icone flickr icone endereco