Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias INSUMOS: Governo quer ampliar produção nacional de fertilizantes

 

 

cabecalho informe

INSUMOS: Governo quer ampliar produção nacional de fertilizantes

insumos 10 03 2021O governo federal vai elaborar uma política para ampliar a produção nacional de fertilizantes agrícolas e, com isso, reduzir a dependência da importação do produto. Atualmente, o país importa mais de 80% dos fertilizantes utilizados no agronegócio. Um grupo de trabalho (GT) interministerial foi instituído para discutir o tema e se reuniu na tarde desta terça-feira (09/03), no Palácio do Planalto.

Depend√™ncia - ‚ÄúO Brasil vem com a sua produ√ß√£o agropecu√°ria crescente ano a ano, mas numa depend√™ncia enorme da importa√ß√£o de f√≥sforo, pot√°ssio, principalmente. Foi criado, ent√£o, esse grupo de trabalho‚ÄĚ, explicou a ministra da Agricultura, Tereza Cristina.

Programa nacional - ‚ÄúEsse n√£o √© um assunto s√≥ do Minist√©rio da Agricultura. Esse √© um assunto do Minist√©rio de Minas e Energia, esse √© um assunto que tamb√©m diz respeito √† Ci√™ncia e Tecnologia. Enfim, todos esses minist√©rios, sob a coordena√ß√£o da SAE [Secretaria de Assuntos Estrat√©gicos], ter√£o a√≠ um programa nacional de fertilizantes envolvendo a produ√ß√£o de forma mais econ√īmica no territ√≥rio nacional, como diminuir a depend√™ncia externa, ampliar a competitividade do nosso agroneg√≥cio‚ÄĚ, acrescentou.

Rascunho - O grupo de trabalho ter√° 120 dias para produzir um rascunho do plano nacional de fertilizantes para ser apresentado ao presidente Jair Bolsonaro. Coordenado pela Secretaria Especial de Assuntos Estrat√©gicos da Presid√™ncia da Rep√ļblica, o colegiado √© composto por representantes da Casa Civil; dos minist√©rios da Economia, da Infraestrutura, da Agricultura, Pecu√°ria e Abastecimento, de Minas e Energia, da Ci√™ncia, Tecnologia e Inova√ß√Ķes, do Meio Ambiente; e tamb√©m representantes do Gabinete de Seguran√ßa Institucional da Presid√™ncia da Rep√ļblica; da Advocacia Geral da Uni√£o e da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecu√°ria (Embrapa).

Diagnóstico - Segundo Teresa Cristina, o plano trará um diagnóstico sobre a oferta de fertilizantes no Brasil e poderá ter como resultado, por exemplo, propostas legislativas para facilitar a produção de fertilizantes no país.

A√ß√Ķes legislativas - "S√£o a√ß√Ķes legislativas. Talvez alguma coisa precise de lei, algumas coisas que podemos facilitar. √Č isso que esse grupo vai estudar, quais s√£o as a√ß√Ķes que podem acontecer de maneira mais r√°pida e mais econ√īmica. N√≥s precisamos ter, no m√≠nimo, uma quantidade de seguran√ßa que o pa√≠s precisa ter em fertilizantes. Isso √© seguran√ßa nacional, √© seguran√ßa alimentar, que √© uma coisa que o mundo todo hoje trabalha‚ÄĚ, disse.

Iniciativa - Uma das iniciativas em estudo √© a libera√ß√£o da explora√ß√£o das reservas de pot√°ssio na Amaz√īnia e tamb√©m de recursos minerais em terras ind√≠genas. De acordo com o almirante Fl√°vio Rocha, que chefia a SAE e √© o coordenador do GT, o tema ser√° aprofundado.  

Observa√ß√Ķes - ‚ÄúEst√£o na pauta do grupo de trabalho as duas observa√ß√Ķes [explora√ß√£o de pot√°ssio na Amaz√īnia e minera√ß√£o em terras ind√≠genas]. A primeira, de uma maneira mais objetiva, e a segunda com uma an√°lise que pretende ser mais sofisticada, mais aprofundada", afirmou. (Ag√™ncia Brasil)

FOTO: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias

/* #### ANTIGA TAG DO GOOGLE ANALYTICS */