AGRÁRIA: Palestra e premiações marcam o encerramento do Seminário de Gestão 2021

O Seminário de Gestão 2021, promovido pela Cooperativa Agrária, agitou a tarde da última sexta-feira (26/11), no Centro Cultural Mathias Leh, no Distrito de Entre Rios, na região Centro-Sul do Estado. O último dia do evento reuniu colaboradores de forma presencial e também foi transmitido ao vivo para todos os setores da Cooperativa.

Exemplos - A programação começou com exemplos que demonstram as melhorias obtidas com a implementação da metodologia Lean na Agrária. O coordenador do setor financeiro, Marcelo Bacchi, apresentou ações que foram adotadas no setor a partir de sugestões da própria equipe. “Conseguimos diminuir o tempo para execução de atividades e economizar recursos, implantando ações que não tiveram quaisquer custos”, disse.

Progresso - O progresso da indústria de Óleo e Farelo dentro da Manutenção Autônoma, um dos pilares da metodologia TPM (que está inserida no Lean), também foi destaque. “Com a metodologia TPM quebramos o paradigma de que uma equipe opera e a outra conserta, pois todos nós fazemos parte do mesmo time”, esclareceu o operador Everton Dorigue.

Silos - A equipe da Agrária Sementes falou sobre o projeto de CCQ Limpeza da última Bateria de SI 7332, que além de trazer mais segurança para os colaboradores da área, também proporcionou melhor utilização da estrutura de silos da unidade de negócio.

Desenvolvimento de cada colaborador - Como o tema do Seminário de Gestão era Agregar: qual é o meu papel? a organização do evento convidou o palestrante e consultor empresarial para Flavio Moura para conversar com os colaboradores. Durante a palestra O que você vai ser quando crescer?, foram discutidas as maneiras como as mudanças atingem a vida das pessoas e como o medo pode atrapalhar seu desenvolvimento. “Se não entendemos como nosso papel é importante dentro de um processo, de uma organização, é sinal que não nos desenvolvemos. Para que nossos colegas e superiores nos valorizem é importante que nós nos valorizemos primeiro”, ressaltou o palestrante.

Música e conscientização - As canções inscritas no esperado concurso de paródia abordaram principalmente os programas e regras de segurança da Cooperativa. Diferente de ocasiões anteriores, esse ano todos os participantes do Seminário puderam votar e escolher a música vencedora.

Quinto lugar - O quinto lugar ficou com o colaborador José Denilson das Chagas, do Colégio Imperatriz Dona Leopoldina, com a composição Cuidando da Segurança. Elenice Passarelli e Roger Biffi Vale, do setor financeiro, garantiram o quarto lugar com a canção S de Segurança.

Terceiro - O terceiro lugar foi do colaborador Marcelo Mariano Rosa, do Almoxarifado, com a música Lugar Melhor. Os vice-campeões foram Ivoni Ferreira e Alisson Ricardo Krassuski, da Agrária Malte, que cantaram a música Segurança é coisa séria, levante a nossa bandeira. E o prêmio principal foi para as irmãs Paula e Patrícia Cavalheiro, colaboradoras da Fundação Semmelweis, com a composição Segurança é Essencial, paródia do clássico da música pop Total Eclipse of the Heart.  

Premiação CCQ - Encerrando o Seminário de Gestão 2021 foi realizada a premiação aos grupos de CCQ avaliados pela banca examinadora no último ano. Em quinto lugar ficou o Grupo Soy Oil, com o projeto Adequação da umidade do óleo expedido. O grupo Ensilagem Turma B Maltaria, que apresentou o projeto Redução no consumo de energia elétrica na recepção das Estufas 01 e 02, conquistou a quarta posição. O terceiro lugar foi do projeto Melhoria da Eficiência de Queima da Caldeira à Biomassa, do grupo Inovação.

Vencedores - A execução do projeto Otimização da linha de envase 25 KG garantiu o segundo lugar ao grupo Harina. E na primeira posição ficou o grupo GMC, com o projeto Redução do Consumo de Solvente. “Quando conheci o CCQ vi que era o projeto ideal para a Agrária, pois através dele é possível colocarmos em prática todos os nossos programas de gestão. Vemos o entusiasmo e o engajamento de cada grupo e isso é motivo de orgulho”, afirmou o Diretor-Presidente da Agrária, Jorge Karl. (Imprensa Agrária)  

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn