Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias ECONOMIA II: Prisma Fiscal passa a monitorar PIB, inflação e desemprego

 

 

cabecalho informe

ECONOMIA II: Prisma Fiscal passa a monitorar PIB, inflação e desemprego

economia II 11 08 2022A Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia (SPE/ME) disponibilizou, nesta quarta-feira (10/08), além do Relatório Mensal e a Distribuição de Frequência do Prisma Fiscal de agosto de 2022, Nota Especial - Incorporação de novas variáveis ao Sistema Prisma Fiscal. O documento resume o histórico do Sistema e informa sobre as ampliações ocorridas em 2021 e as que passam a constar a partir do relatório deste mês.

Ampliação - O Sistema Prisma Fiscal, que monitora as expectativas de mercado para as principais variáveis fiscais, passou por ampliação, buscando melhorar a qualidade das projeções para as variáveis macrofiscais e incentivar o debate qualificado sobre o tema.

Soma - De acordo com a Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia – órgão responsável pelo Prisma –, foram somadas ao questionário perguntas sobre as projeções para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), variação real do Produto Interno Bruto (PIB), deflator do PIB, taxa de desemprego e população ocupada.

Novos indicadores - Os novos indicadores são relevantes para o estudo de eventos fiscais e ampliam a utilidade do Sistema Prisma, além de servir de base para pesquisas econômicas com foco macrofiscal, segundo esclareceu a SPE. O INPC e as variáveis sobre o mercado de trabalho, por exemplo, ajudam nas estimativas relacionadas a gastos previdenciários, seguro-desemprego e recolhimento de Imposto de Renda.

Início - O Sistema Prisma foi iniciado em 2016, monitorando as seguintes variáveis: arrecadação total das receitas federais; receita líquida do Governo Central, despesa total do Governo Central; resultado primário do Governo Central e Dívida Bruta do Governo Geral (DBGG) como proporção do PIB.

Projeções de mercado - Em 2021, o sistema passou a monitorar as projeções de mercado do resultado nominal do Governo Central, e foi ampliado o horizonte das projeções anuais, que passou a abranger o ano corrente e os nove anos seguintes.

Instituições - Entre 40 e 50 instituições como bancos, corretoras e consultorias contribuem regularmente para o sistema. As informações coletadas são sigilosas e apenas a SPE tem acesso aos dados individuais de cada instituição.

Ranking - Desde o início, a SPE elabora um ranking do Prisma. São três modalidades diferentes envolvendo as cinco instituições com maior capacidade de acerto em suas projeções para cada variável e para diferentes horizontes de previsão.

Curto Prazo - No Podium de Curto Prazo, estão as cinco instituições com menor erro absoluto médio de previsão nos últimos seis meses. O Podium Anual de Curto Prazo retrata a média dos erros de previsão de 12 podiums mensais de curto prazo. O Podium de Longo Prazo apresenta as cinco instituições com menor erro absoluto médio de previsão ponderado considerando os últimos 18 meses.

Penalização - Há penalização para a instituição em função do desvio de suas projeções em relação ao valor efetivamente ocorrido e pela falta de regularidade no envio das informações. (Ministério da Economia)

FOTO: David Schwarzenberg / Pixabay

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias