Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias WITMARSUM: Cooperativa recebe Super Ouro no Campeonato Mundial do Queijo

 

 

cabecalho informe

WITMARSUM: Cooperativa recebe Super Ouro no Campeonato Mundial do Queijo

witmarsum 22 09 2022Em sua primeira participação no 2º Mundial do Queijo do Brasil, a Cooperativa Witmarsum, do município de Palmeira (PR), teve dois - dos três queijos inscritos - premiados na competição, que aconteceu no último final de semana em São Paulo.

Super Ouro - Entre os mais de mil queijos concorrentes, o tipo Appenzeller Witmarsum conquistou o prêmio Super Ouro, isto é, alcançou nota máxima de todos os jurados que o avaliaram em todos os quesitos exigidos pela organização do evento. Além dele, somente outros 21 queijos conquistaram a mesma premiação. Já o queijo tipo Raclette Witmarsum, conseguiu a prata em sua categoria. O terceiro queijo de Witmarsum inscrito no Mundial foi o Emmental.

Reconhecimento - Para o presidente da Cooperativa Witmarsum, Artur Savatsky, o prêmio é um reconhecimento do trabalho e empenho de toda a equipe, que busca incessantemente pela qualidade do produto final. “A conquista desses prêmios serve de motivação para mantermos a qualidade em toda a cadeia de produção, de ponta a ponta, desde os produtores que entregam o leite até nossos colaboradores na indústria. Esses prêmios nos indicam que estamos no caminho certo produzido aquilo que o consumidor quer consumir”, comemora Savatsky.

Organização - O evento foi organizado pela associação SerTãoBras e chancelado pelo Guia Internacional de Queijos da França, contou com participantes de 11 países. Além do Brasil, também concorreram produtores do México, Panamá, Estados Unidos, Portugal, Espanha, França, Itália, Suíça, Inglaterra e País de Gales e a comissão julgadora foi composta por 150 jurados brasileiros e estrangeiros.

Qualidade e exclusividade - Com 70 anos de atividades completadas em 2022, a Cooperativa Witmarsum é conhecida nacionalmente pela qualidade e exclusividade dos queijos finos, beneficiando 400 mil litros de leite mensalmente, que se transformam em cerca de 30 toneladas de queijo, divididos em 11 tipos diferentes. Além disso, 150 mil litros de leite são destinados para a produção do tradicional leite “tipo A” da marca Cancela. “Para o futuro, planejamos aumentar a oferta com maior produção de toda linha de queijos, fazendo com que o consumidor possa encontrar nosso produto nas principais cidades do país”, planeja o presidente da cooperativa. (Imprensa Witmarsum)

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias