Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias CREA/PR: Cooperativismo é tema de palestra para a Câmara Especializada de Agronomia

 

 

cabecalho informe

CREA/PR: Cooperativismo é tema de palestra para a Câmara Especializada de Agronomia

Integrantes da Câmara Especializada de Agronomia do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea/PR) estiveram reunidos na tarde desta segunda-feira (26/09), no auditório do Sistema Ocepar, em Curitiba, quando assistiram à palestra do presidente José Roberto Ricken sobre a importância do cooperativismo para o desenvolvimento do Estado do Paraná. O evento contou com a presença do coordenador da Câmara, Orley Jayr Lopes, do presidente do Crea/PR, Ricardo Rocha de Oliveira, e do presidente do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR-PR), Natalino Avance de Souza.

Trajetória - Ricken lembrou que tanto ele como os três superintendentes, Nelson Costa (Fecoopar), Leonardo Boesche (Sescoop/PR) e Robson Mafioletti (Ocepar), são todos formados em engenharia agronômica. Ele destacou a importância que o profissional de agronomia tem junto ao setor cooperativista, especialmente no ramo agropecuário do Estado. Lembrou da sua trajetória profissional, quando iniciou suas atividades na cooperativa C.Vale, nos anos de 1980, passou pela Acarpa (hoje IDR-PR), Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) e no Departamento Nacional de Cooperativismo do Ministério da Agricultura (Denacoop). No Sistema Ocepar, sua missão inicial foi coordenar o trabalho de autogestão do cooperativismo paranaense. Exerceu o cargo de superintendente e, em 2016, foi escolhido para ser presidente da entidade e reeleito em 2019.

Cooperativismo - Além de abordar sobre o aspecto histórico do cooperativismo no Paraná e seus principais indicadores, o dirigente destacou que, ao longo do tempo, o que marcou a Ocepar e as duas outras entidades que integram o Sistema (Fecoopar e Sescoop/PR) é o planejamento estratégico. “Desde a fundação da Ocepar, em 1971, sistematicamente realizamos planejamentos para o cooperativismo, antecipando tendências e estruturando nossas cooperativas em bases sólidas”, explicou. Ricken falou dos principais projetos que integram o atual planejamento: “o PRC200 possui vinte projetos e a meta é dobrar o faturamento do setor, que atingiu a marca dos R$ 115,7 bilhões, em 2020, sem definição de tempo para que isso aconteça, semelhante com o realizado no PRC100, lançado em 2015”.

Pilares - Os vinte projetos do PRCC200 são sustentados por cinco pilares: representação e defesa, comunicação e relacionamento, cooperação, inovação e socioambiental. Os projetos abrangem áreas como representação institucional, infraestrutura e logística, inovação, alianças estratégicas, comunicação, mercado, governança e gestão. No cenário otimista, as cooperativas do Paraná alcançarão a meta dos R$ 200 bilhões em 2025. No realista, será um ano depois, enquanto no pessimista será em 2029. "O objetivo é o desenvolvimento sustentável do cooperativismo paranaense. Existe potencial para atingir as metas planejadas, inclusive, antes do prazo previsto. Estamos bastante otimistas", revelou Ricken.

Ocepar 50 anos - No final da sua palestra, o presidente Ricken agradeceu a oportunidade em poder falar aos profissionais de agronomia presentes no evento. Ele entregou ao presidente do Crea/PR e ao coordenador da Câmara Especializada de Agronomia um exemplar do livro “Paraná Cooperativo – Modelo Econômico e Social”, que registra os 50 anos de história da entidade.

Câmaras - As Câmaras Especializadas são os órgãos dos Conselhos Regionais encarregados de julgar e decidir sobre os assuntos de fiscalização pertinentes às respectivas especializações profissionais e infrações do Código de Ética. Cada Câmara Especializada é composta por Conselheiros representantes das diferentes modalidades que integrem a respectiva categoria ou grupo profissional. São 41 profissionais da Câmara de Agronomia (Eng. Agrônomos, Florestais, Agrícolas, de Pesca e Meteorologistas), que juntamente com as demais Câmaras Especializadas (Civil, Mecânica, Elétrica, Segurança do Trabalho e Química) formam o Crea/PR.

Conhecimento - Para o presidente do Crea/PR, Ricardo Rocha de Oliveira, “foi uma grande oportunidade, não só de podermos utilizar este espaço, mas também poder ouvir o presidente Ricken sobre a forma de atuação do cooperativismo paranaense. Os conselheiros aqui presentes vêm de entidades de classe que têm por base o associativismo que é um valor muito próximo com o cooperativismo. Reuniões como essas fortalecem para que o conhecimento técnico esteja junto com o desenvolvimento sustentável que o cooperativismo representa para o Paraná”.

Crescimento - Segundo Ricardo, “o cooperativismo é a mola do crescimento do Paraná. O desenvolvimento de muitas regiões no estado está associado à presença de cooperativas e o futuro vai demandar muito a atuação de profissionais nossos. E a apresentação realizada aqui hoje foi fantástica para mostrar aos nossos conselheiros os investimentos futuros, como as cooperativas pretendem crescer, não só do agro, mas de energia e infraestrutura que afetam diretamente o trabalho dos nossos profissionais do Crea/PR”, destacou.

Aproximação - Orley Jayr Lopes, coordenador da Câmara, destacou que a reunião ordinária na sede do Sistema Ocepar faz parte de uma estratégia de aproximação com instituições, organizações e entidades representativas para poder conhecer melhor o seu trabalho e de que forma o Crea/PR pode auxiliar. “O cooperativismo é um importante empregador de profissionais de engenharia agronômica. E hoje, com a fala do presidente Ricken, pudemos testemunhar o quanto que o cooperativismo é importante não só economicamente, mas socialmente para a população paranaense e que conta também com o trabalho dos profissionais de agronomia”, frisou.

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias