Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias AGRO: Copacol atinge recorde de produção de milho: 16 milhões de sacas foram recebidas

 

 

cabecalho informe

AGRO: Copacol atinge recorde de produção de milho: 16 milhões de sacas foram recebidas

Com a implementação de tecnologias a campo, tanto em sementes quanto em manejos, a Copacol atingiu um novo recorde no recebimento de milho na safra deste ano. As Unidades de Grãos registraram 16 milhões de sacas, volume 17% maior que o registrado no ano passado, quando a cooperativa já havia registrado o melhor desempenho da história. “O desempenho é uma consequência da atuação dos cooperados, que levam em conta a orientação técnica feita com base em muito estudo do nosso Centro de Pesquisa Agrícola. A tecnologia de ponta está acessível ao produtor, que tem em mãos aquilo que é o melhor no mercado. Estamos satisfeitos com o resultado, garantindo a matéria-prima para as nossas integrações”, afirma o diretor-presidente da Copacol, Valter Pitol.

Colheita finalizada- A colheita do milho na área de atuação da Copacol já foi finalizada. A média de produtividade por alqueire ficou em 297 sacas. Esse é o segundo melhor resultado já registrado: em 2019, os cooperados colheram em média 303 sacas por alqueire. “No entanto, o resultado da safra de 2023 é muito expressivo, pois o milho foi semeado em uma janela que não é favorável ao desempenho positivo da planta, no fim de fevereiro e início de março”, ressalta o engenheiro agrônomo e gerente do CPA, João Maurício Roy.

Condições - Nas áreas de atuação da Copacol, – oeste e sudoeste paranaense – as características climáticas foram favoráveis para o alto desempenho produtivo. O inverno foi chuvoso, garantindo umidade no solo. Além disso, a radiação solar foi 25% maior que a registrada na média dos meses de abril, maio e junho. As análises feitas a cada safra fazem parte da atuação do CPA, que repassa o conhecimento aos produtores. “O milho é uma planta que necessita de luminosidade para apresentar alto potencial produtivo, por isso, essa característica climática é importante. Além disso, não tivemos incidência de geadas, o que impacta positivamente na produção”, afirma João Maurício, que destaca os manejos implementados a campo nesta safra. “A escolha de híbridos para nossa região, recomendados pelo CPA, fez toda a diferença. Foram utilizadas sementes de alto teto produtivo, de resistência ao complexo de enfezamentos, em áreas de alta fertilidade graças aos níveis de adubação e tratos fitossanitários, com controle de doenças fúngicas por meio de aplicações de defensivos”.

Safra de soja - As máquinas estão a todo vapor nas lavouras para o plantio da soja: 280 mil hectares na área de atuação da Copacol são ocupados pela planta. A expectativa é uma safra de 13 milhões de sacas, com bom desenvolvimento vegetativo, graças a previsão de condições climáticas favoráveis causadas pelo efeito El niño, com abundância em períodos chuvosos.

Resultados por região - José Antônio Pacor, agricultor em Moreira Sales, ficou surpreso com o bom desempenho da lavoura. “Colhemos uma média de 350 sacas por alqueire. Foi uma safra muito boa”. Se na região noroeste do estado a produtividade foi excelente, em Toledo, oeste paranaense, o resultado também surpreendeu. Adriano Galvão de Almeida e o sogro, Aloísio Kolling, estão felizes com o resultado. “Tínhamos a ideia de plantar milho em toda a área, mas diante do atraso na colheita da soja, plantamos apenas em 30 alqueires, mas nos surpreendemos com o resultado. Foi uma safra diferente, não tivemos muitas pragas e doenças. O clima foi perfeito”, destaca os cooperados da Copacol.

Boas médias - Com clima e solo diferentes, produtores da região sudoeste colheram boas médias de produtividades. Proprietário de uma área de 31 alqueires, o cooperado de Pranchita, Sadi Vilmar Salvadori, destinou 12 alqueires ao cultivo de milho. “Nesta safra, apesar de ter semeado um pouco mais tarde, a produtividade foi muito boa: média de 220 sacas por alqueire”, conta Sadi, que conta com a ajuda do filho, Renato, do plantio até a colheita. (Assessoria de Imprensa Copacol)

 

icone prcoop icone instagram icone facebook icone X icone linkedin icone youtube icone flickr icone endereco