Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias AGRO: Copacol Agro tem intensa movimentação no primeiro dia; governador em exercício prestigia evento

 

 

cabecalho informe

AGRO: Copacol Agro tem intensa movimentação no primeiro dia; governador em exercício prestigia evento

Com movimentação intensa pelos corredores e estandes, o primeiro dia do Copacol Agro, nessa terça-feira (07/05), trouxe novidades em tecnologias e manejos para os cooperados que estiveram no CPA (Centro de Pesquisa Agrícola), em Cafelândia, Oeste do Paraná. Além de palestras técnicas para Agricultura, Avicultura, Suinocultura, Bovinocultura de Leite e Piscicultura, 95 empresas parceiras apresentaram equipamentos que melhoram o desempenho diário das atividades.

Conhecimento - “É neste momento que o nosso produtor tem a oportunidade de adquirir conhecimento, que será aplicado na propriedade. Estamos na sétima edição com a certeza de que o evento é responsável por muitas mudanças que foram implantadas nas rotinas dos cooperados. A cooperativa faz do CPA uma vitrine para que cada um faça escolhas e possa definir o futuro da atividade. Temos uma produção anual de 30 milhões de sacas de soja e milho; 504,9 mil toneladas de carne de frango produzidas; 55,3 milhões de peixes processados; 488 mil suínos e 11 milhões de litros de leite entregues à Frimesa. Isso é fruto do aperfeiçoamento implantado pelos nossos 8,6 mil cooperados”, afirma o diretor-presidente, Valter Pitol.

Abertura - A abertura do evento contou a presença do governador em exercício, Darci Piana, que está afrente do Estado enquanto Ratinho Júnior articula uma missão internacional em busca de investimentos da iniciativa privada. Na passagem por Cafelândia, Piana destacou o crescimento econômico do Paraná ano passado, que foi de 7,8%, superando os demais estados brasileiros, garantindo a quarta colocação no ranking nacional.

Cooperativismo - “Isso graças ao setor produtivo. O governador [Ratinho Júnior] tem razão em dizer que o Paraná é o supermercado do mundo, pois daqui sai boa parte do que é consumido, o que nos orgulha muito. O cooperativismo tem grande impacto nesse resultado, bem como a Copacol, que é um orgulho para os paranaenses e para toda a região, por ser uma cooperativa forte, organizada, muito bem dirigida pela equipe e cooperados que têm”, afirma Piana, que também comentou sobre a nomeação do secretário de Agricultura, Norberto Ortigara, na Secretaria de Fazenda.

Nova missão - “Com 45 anos de dedicação ao Estado, Ortigara tem agora uma nova missão, de cuidar do caixa. O Estado já recebeu R$ 290 bilhões de investimentos privados em cinco anos e cinco meses de governo, temos R$ 55 bilhões dos seis lotes dos 3.080 quilômetros de duplicação de rodovias, mais 50 bilhões da nova Ferroste, entre Maracaju e Paranaguá. Temos muito pela frente... mais R$ 12 bilhões privados devem ser anunciados nos dias no retorno de Ratinho”, afirma o governador em exercício.

Atração principal - Entre os convidados especiais do evento esteve o presidente da Ocepar (Organização das Cooperativas do Estado do Paraná), José Roberto Ricken, que realizou uma palestra sobre o desenvolvimento do cooperativismo no estado. As 225 cooperativas do Paraná vinculadas ao Sistema Ocepar atingiram uma movimentação superior a R$ 200 bilhões em 2023, atingindo o PRC200 (Plano Paraná Cooperativo), o planejamento estratégico do cooperativismo paranaense. Ricken destacou que apenas com essa organização será possível crescer, mesmo em momentos de crise.

Crescimento - “Teremos momentos de altas e também de baixas em nossas atividades. Quem tem planejamento consegue superar essas dificuldades e ainda crescer. Faturamos 200 bilhões no ano anterior e vamos crescer novamente. Em julho anunciaremos um novo PRC, ainda não sabemos se o faturamento será de R$ 300 bilhões ou R$ 400 bilhões, mas vamos definir tudo no Fórum dos Presidentes, e vamos dar sequência a esse trabalho realizado”, afirma o palestrante, que também destacou a importância do evento para os produtores. “O trabalho que a Copacol faz de uma maneira geral aqui no Centro de Pesquisa, com reconhecimento público e registro, gera segurança. O Copacol agro é uma oportunidade para o produtor ver de perto e valorizar isso. É resultado para ele, que não pode errar, e aqui tudo é testado, proporcionando segurança ao cooperado, é isso que interessa”.

Plano Safra - As expectativas do Plano Safra também estiveram em evidência durante a feira: a disponibilidade tende a ser superior neste ano, conforme Ricken. “Ano passado a Taxa Selic estava em 14%, hoje está em 10%: isso reduz com segurança 3% os juros, principalmente no investimento. Temos que aproveitar as oportunidades, poupança rural, depósitos líquidos à vista, a LCA [Letra de Crédito do Agronegócio] que foi implantada especificamente para dar lastro ao Plano Safra”, afirma o presidente da Ocepar.

Campo de personalidades - Para demonstrar a preocupação do cooperativismo com a natureza e as próximas gerações, o Copacol Agro realiza anualmente o plantio de ipês amarelos no Campo de Personalidades: homenagem já prestada para Alysson Paolinelli, Roberto Rodrigues, Márcio Lopes de Freitas e Francisco Turra. Símbolo do Brasil, a árvore foi plantada na edição 2024 pelo governador em exercício, Darci Piana, o secretário de Agricultura, Norberto Ortigara, o presidente da Ocepar, José Roberto Ricken, e o diretor-presidente da Copacol, Valter Pitol.

Programação - Os portões do Copacol Agro estão liberados ao público. Nesta quarta-feira (08/05), a partir das 9h, os cooperados terão uma análise privilegiada sobre a Economia em Tempos de Crise, com o economista Gustavo Loyola, diretor-presidente da Tendências Consultoria; 10h os estandes estarão abertos para visitação. Às 14h30 ocorre o Encontro Anual de Suinocultores com tema no Sucesso Sustentável: Como maximizar a eficiência e a lucratividade na suinocultura, com a médica veterinária da MDS Saúde Animal, Kialane Pagno.

Foco - Na quinta-feira (09/05), às 9h, o foco será O Brasil no Agronegócio Global: Desafios e Oportunidades, com o engenheiro agrônomo e professor, Marcos Jank; 10h os estandes estarão abertos para visitação. Às 14h30, os bovinocultores de leite participam de encontro sobre Oportunidades da porteira para dentro que garantem o sucesso da atividade leiteira, com o zootecnista Diego Magro, gerente regional da DSM-Firmenich. (Assessoria de Imprensa Copacol)

icone prcoop icone instagram icone facebook icone X icone linkedin icone youtube icone flickr icone endereco