Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias SUMMIT: Ocepar promove debate sobre produção sustentável de alimentos no cooperativismo

 

 

cabecalho informe

SUMMIT: Ocepar promove debate sobre produção sustentável de alimentos no cooperativismo

Cerca de 120 profissionais das áreas técnicas das cooperativas agropecuárias do Paraná participaram do Summit 2024 – Produção Responsável de Alimentos Seguros, que aconteceu nesta terça-feira (28/05), no auditório da instituição, em Curitiba. O evento, promovido pelo Sistema Ocepar em parceria com a Gazeta do Povo, reuniu especialistas e autoridades do setor para discutir os desafios, questões técnicas e a importância da produção de alimentos seguros no atual cenário mundial.

Compromisso - Na abertura do evento, José Roberto Ricken, presidente executivo do Sistema Ocepar, destacou o compromisso das cooperativas paranaenses com a sustentabilidade. Atualmente, o Estado conta com 62 cooperativas que atuam no setor da agricultura e da e pecuária e respondem por 64% da produção de grãos e 45% de proteína animal – ao todo, são cerca de 250 cooperativas em diversos segmentos.

Contribuição - Ricken ressaltou que, além da contribuição direta na produção, o cooperativismo impacta na indústria, uma vez que uma parcela significativa de tudo o que é produzido é revendida com valor agregado. Segundo ele, hoje o cooperativismo paranaense conta com 142 agroindústrias em funcionamento. “O cooperativismo precisa ser bem planejado e essa é grande diferença do Paraná para os outros estados”, pontuou.

Patrimônio - O secretário de Estado da Agricultura e Abastecimento (Seab), Natalino Avance de Souza, afirmou que o Paraná já foi referência mundial em cuidados com o solo e, justamente por isso, a qualidade do manejo do solo precisa ser uma prática rotineira. “Eu me preocupo com a necessidade de descanso do solo porque esse é o nosso maior patrimônio”, ressaltou, destacando que, a partir desses cuidados, o Paraná conseguirá se transformar em um estado “mais sustentável do que já é.”

Novas fontes energéticas - As novas fontes energéticas também entraram na pauta do Summit 2024, uma vez que o assunto é uma das preocupações atuais do agronegócio. Souza destacou a atuação pioneira e inovadora do Paraná nesse quesito e salientou que, no setor agrícola, o Estado está preparado para liderar esse processo.

Debate - O jornalista Marcos Tosi, diretor de Agronegócio da Gazeta do Povo, conduziu o debate que contou ainda com a presença dos secretários de Estado Everton Souza, da Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo Everton Souza (Sedest); Guto Silva, secretário do Planejamento do Estado do Paraná; do executivo Guilherme Vieira, diretor de Novos Negócios da Gazeta do Povo; Étore Barone, consultor em gerenciamento de riscos da Agência INTL Fcstone; do economista José Pio Martins; e Flávio Turra, gerente de Desenvolvimento Técnico da Ocepar.

Programação - Durante o evento foi apresentada a proposta de Certificação Paraná Cooperativo, um programa criado para dar mais credibilidade e sustentação para as ações das cooperativas paranaenses no mercado nacional e internacional.

Manejo do carbono - Além disso, estiveram na programação assuntos como o manejo do carbono para desenvolver sistemas de produção rentáveis, iniciativas da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), como o Programa Soja Baixo Carbono, e exemplos de projetos que já estão em operação em cooperativas paranaenses.

Cases - É o caso do Programa Fazenda Sustentável, da Frísia; Programa Agrária de Gestão Rural, da Agrária; Integração Lavoura-Pecuária-Floresta, da Cocamar; Boas Práticas Agrícolas e Desempenho Econômico, da Fundação ABC. No painel sobre Assistência Técnica, a Coamo abordou a assistência técnica sob o aspecto da produção agrícola; a C.Vale trouxe o enfoque da assistência técnica na integração avícola e a Castrolanda discorreu sobre a assistência técnica e a agricultura de precisão.

Lançamento - Também houve o lançamento do livro Assistência Técnica e Pesquisa Agropecuária nas Cooperativas Paranaenses, elaborado por profissionais da Gerência de Desenvolvimento Técnico (Getec) da Ocepar, com apoio das cooperativas. A publicação traz um cenário da produção agropecuária no Brasil e no Paraná, faz um resgate histórico sobre o trabalho de extensão rural, da pesquisa agropecuária e mostra o que representa o cooperativismo atualmente nessas áreas, especialmente de assistência técnica aos produtores cooperados. (Gazeta do Povo)

FOTOS: Carlos França

icone prcoop icone instagram icone facebook icone X icone linkedin icone youtube icone flickr icone endereco