Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias AGRO: Dilvo fala sobre produção e desafios do agronegócio em evento no Biopark

 

 

cabecalho informe

AGRO: Dilvo fala sobre produção e desafios do agronegócio em evento no Biopark

coopavel 29 05 2024O presidente da Coopavel, Dilvo Grolli, acaba de participar do Circuito Biopark, projeto do parque tecnológico instalado em Toledo (PR), um dos maiores da América Latina, destinado aos seus novos empreendedores e investidores. A apresentação de Dilvo foi prestigiada, entre outras autoridades e líderes, pelo presidente do Biopark, Luiz Donaduzzi, e pelo diretor Victor Donaduzzi.

Produção brasileira - Dilvo citou que, em função da instabilidade climática e de fatores de mercado, a produção brasileira de grãos na safra 2023/2024 será de 295,4 milhões de toneladas, cerca de 25 milhões de toneladas a menos que a anterior. A produtividade de grãos no País cresceu 411% de 1990 até agora, contra avanço da área agrícola em apenas 109%. A expansão da atividade chega a 5% ao ano.

Por região - O presidente da Coopavel apresentou quanto cada região brasileira representa na produção nacional de commodities. Quase metade dela, de 47%, é extraída no Centro-Oeste. Depois aparecem o Sul, com 29%, o Sudeste com 9%, o Nordeste com 9% e o Norte com 6%. Ao falar do Show Rural, Dilvo, apresentou comparativo das produtividades de soja e milho, dois dos grãos mais produzidos e consumidos em todo o planeta.

Média de produtividade - A média de produtividade de soja no Brasil é de 3.239 quilos por hectare, enquanto que nos Estados Unidos é de 3.403. No Oeste do Paraná, a média chega a 4.500 e nas áreas do Show Rural alcança 5.620 quilos por hectare. No milho, o Brasil produz 5.561 quilos por hectare, os Estados Unidos 11.130, o Oeste do Paraná 11.150 e nas áreas de testes do Show Rural a produtividade atinge 15.457 quilos por hectare. Já no trigo, o consumo brasileiro em 2024 será de 12,5 milhões, com produção nacional estimada em nove milhões de toneladas. O Paraná vai alcançar 3 milhões de toneladas.

Cenário econômico - Dilvo pontuou os principais desafios no atual cenário econômico mundial: recessão, queda no valor das commodities, aumento da inflação em vários países, avanço das taxas de juros no mundo, elevação das despesas governamentais, guerras, aumento dos problemas sanitários, mudanças climáticas, protecionismo e de problemas de infraestrutura domésticos. Ele falou também do avanço da agenda ESG. Na palestra, o presidente da Coopavel citou ainda o atual momento das produções de frangos e suínos e de suas principais dificuldades.

Cooperativas - Quem acompanhou a palestra pôde entender melhor a força e a importância do sistema cooperativista. No Paraná, as cooperativas respondem por 70% da soja, 62% do milho, 55% do trigo, 56% das carnes de suínos, 40% do frango, 35% do leite e 30% do peixe. Atualmente, são 225 as cooperativas em atuação no Estado e juntas têm 3,6 milhões de cooperados e 150 mil funcionários. O faturamento das cooperativas em 2023 foi de R$ 202 bilhões com sobras de R$ 8,5 bilhões.

Desafios - Mesmo com indicadores tão relevantes, o setor cooperativista também enfrenta desafios. Entre eles estão, segundo Dilvo Grolli, melhor identificação dos produtos das cooperativas e das empresas do Estado, criação de maior sinergia com os consumidores e novos produtos prontos para consumo. O atual Valor Bruto de Produção do Brasil é de R$ 1,2 trilhão, desses, R$ 180 bilhões gerados nos municípios do Paraná. (Assessoria de Imprensa Coopavel)

 

icone prcoop icone instagram icone facebook icone X icone linkedin icone youtube icone flickr icone endereco