Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias CAGED: 80% dos municípios paranaenses registraram aumento de empregos formais em 2024

 

 

cabecalho informe

CAGED: 80% dos municípios paranaenses registraram aumento de empregos formais em 2024

caged 31 05 2024 Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados na quarta-feira (20/05) pelo Ministério do Trabalho e Emprego apontam que 317 dos 399 municípios do Paraná registraram crescimento no número de vagas de emprego com carteira assinada no primeiro quadrimestre de 2024. Na prática, quase 80% das cidades paranaenses tiveram mais admissões do que demissões entre janeiro e abril desse ano.

Saldo - Em todo o Paraná, houve 87.838 contratações a mais do que desligamentos, uma média de 220 por municípios. A cidade que liderou o saldo de contratações nos quatro primeiros meses do ano foi Curitiba. A Capital registrou 23.280 novas vagas de emprego – resultado de 200.059 admissões e 176.779 demissões no período. Maringá, com saldo de 4.768 vagas, Londrina (3.721), Cascavel (3.594), São José dos Pinhais (3.456), Ponta Grossa (2.833) e Toledo (2.035).

Bom momento - Segundo o governador Carlos Massa Ratinho Junior, o resultado reflete o bom momento do Paraná, que teve o maior crescimento da atividade econômica do Brasil em 2023 e cujo Produto Interno Bruto (PIB) cresceu o dobro da média nacional. “Mais uma vez o Paraná se destaca na geração de empregos, se consolidando como um dos mercados que mais crescem no Brasil, com resultados positivos na indústria, construção civil, comércio e agropecuária”, afirmou.

Total - No total, 15 municípios paranaenses criaram mais de 1.000 vagas formais de emprego, 17 tiveram saldo entre 500 e 1.000 vagas e 285 cidades tiveram entre uma e 500 admissões a mais do que demissões. Outros três municípios – Barbosa Ferraz, Maria Helena e Rosário do Ivaí – terminaram o primeiro quadrimestre de 2024 com o mesmo volume de empregos com carteira assinada.

Abril - Em relação apenas ao mês de abril, houve saldo positivo em 266 municípios do Paraná. Novamente o ranking é liderado por Curitiba, com 2.907 vagas de emprego, seguida por São José dos Pinhais (1.186), Maringá (1.112), Cascavel (760), Cornélio Procópio (559), Foz do Iguaçu (521) e Colombo (510), fechando a lista de municípios que tiveram mais de 500 trabalhadores ingressando ou reingressando no mercado de trabalho formal.

Maior do Sul - As 87.838 vagas com carteira assinada criadas entre janeiro e abril de 2024 no Paraná fizeram com que o Estado fosse o maior empregador do Sul e o terceiro maior do País. Pódio - Mesmo sendo o quarto estado mais populoso, o Paraná já figura por três meses consecutivos no pódio do mercado de trabalho formal brasileiro, atrás apenas de São Paulo (287.968) e Minas Gerais (113.971), que são mais populosos.

Colocação - “O Paraná se mantém em excelente colocação no ranking de empregos, tanto no cenário nacional quanto na região Sul. Isso deve aos esforços do Governo do Estado em ampliar ações focadas na empregabilidade em todos os setores da economia”, comentou o secretário estadual Trabalho, Qualificação e Renda, Mauro Moraes.

Perspectiva positiva - “Os resultados do primeiro quadrimestre e também de abril abrem uma perspectiva muito positiva para os próximos meses, de que certamente teremos, até o final do ano, um avanço muito significativo do número de pessoas empregadas em todas as regiões do Estado”, concluiu. (Agência Estadual de Notícias)

FOTO: Gilson Abreu / Arquivo AEN

 

icone prcoop icone instagram icone facebook icone X icone linkedin icone youtube icone flickr icone endereco