Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias SAÚDE: 4° Fórum Estratégico Unimed debate a necessidade de construir modelos de saúde mais resilientes às mudanças climáticas

 

 

cabecalho informe

SAÚDE: 4° Fórum Estratégico Unimed debate a necessidade de construir modelos de saúde mais resilientes às mudanças climáticas

unimed brasil 31 05 2024Visando fomentar discussões inovadoras sobre os desafios e oportunidades na saúde, o 4º Fórum Estratégico Unimed está reunindo lideranças, executivos e colaboradores do Sistema Unimed de todo o país para uma imersão, iniciada quinta (30/05) e que prossegue até esta sexta-feira (30/31), em Florianópolis (SC). O evento também conta com a participação de especialistas referência em suas áreas, que vão contribuir para os debates sobre o fortalecimento da assistência prestada aos mais de 20 milhões de beneficiários da Unimed, líder do setor com cerca de 38,5% do mercado.

Temas - Durante os dois dias do evento, estão sendo discutidos temas relacionados à governança sistêmica, oportunidades e competitividade no mercado de saúde suplementar, dinâmicas entre os setores público e privado de saúde, ESG e, ainda, os riscos e desafios relacionados às mudanças climáticas. Maior sistema de cooperativas de saúde do mundo, a Unimed está presente em 90% dos municípios brasileiros, participando ativamente do dia a dia das comunidades em que atua e, tendo em vista a tragédia decorrente de enchentes que atingiram a população do Rio Grande do Sul, incorporou à programação dois debates relacionados a mudanças climáticas e seus impactos.

Mudanças climáticas- O painel “Mudanças climáticas e a construção de sistemas de saúde resilientes” terá a participação do médico infectologista e professor Jean Gorinchteyn (Hospital Israelita Albert Einstein) e de um dos maiores especialistas brasileiros em mudanças ambientais globais, o pesquisador aposentado do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e criador do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), Carlos Nobre.

Novos riscos- Já o painel “Novos riscos e como preparar nossa organização para emergência” terá como palestrantes o deputado federal Pedro Aihara (PRD/MG), especialista em Gestão de Desastres e em ciências militares com ênfase em gestão e prevenção de catástrofes e que ficou conhecido por ser porta-voz do Corpo de Bombeiros na ocasião do rompimento de barragem em Brumadinho, em janeiro de 2019, além das advogadas Ana Paula de Almeida Santos (Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização - CNseg) e Angélica Carlini (Carlini Advogados).

Apoio - O presidente da Unimed do Brasil, Omar Abujamra Junior, explica que o Fórum é um espaço para apoiar o desenvolvimento dos negócios da saúde suplementar e a troca de experiências entre as 340 cooperativas médicas e empresas que formam o Sistema Unimed. “Nosso objetivo é fortalecer a integração em busca de soluções estratégicas e inovadoras para os nossos serviços e, consequentemente, para os nossos clientes. Além disso, reforçando o nosso compromisso com a saúde e a vida, queremos contribuir com reflexões e propostas por um sistema de saúde resiliente perante as mudanças climáticas, preparado para dar uma resposta rápida e eficaz a emergências e eventos extremos”, destaca.

Palestra - O Fórum também contará com palestra do ex-goleiro, Jakson Follmann, que, em 2016, sobreviveu ao acidente aéreo com a equipe da Chapecoense e passou por um processo de recuperação no Hospital Unimed Chapecó, que incluiu mais de 36 dias de tratamento e duas grandes intervenções cirúrgicas.

Sobre a Unimed- Em mais de 56 anos de atuação, a Unimed se destaca na liderança do setor de saúde suplementar. A marca nasceu com a fundação da Unimed Santos (SP), em 1967, e hoje compõe um sistema de 340 cooperativas médicas e empresas, que estão presentes em nove de cada dez cidades brasileiras e atendem a 20,5 milhões de pessoas em planos de saúde e odontológicos. A Unimed reúne 118 mil médicos cooperados, gera 147 mil empregos diretos e dispõe da maior rede assistencial do país, com mais de 30 mil estabelecimentos parceiros, além da rede própria, formada por 163 hospitais e hospitais-dia, 86 unidades de urgência e emergência, 509 clínicas, 42 centros de diagnósticos, 68 laboratórios e 96 serviços de terapias especiais, entre outros. Toda essa operação injetou no sistema saúde brasileiro mais de R$ 87 bilhões em 2023, com a realização de 631 milhões de eventos assistenciais (consultas, exames, internações etc.) no ano.

Destaque - As cooperativas Unimed também são destaque no Índice de Desempenho da Saúde Suplementar (IDSS), a avaliação oficial da ANS para o setor. Das 25 operadoras médico-hospitalares que obtiveram nota máxima no IDSS 2023 (ano-base 2022), 20 são Unimed. Além disso, 234 Unimeds foram classificadas nas duas melhores faixas de desempenho, incluindo a operadora de planos odontológicos Unimed Odonto e a operação de saúde da Seguros Unimed. (Assessoria de Imprensa Unimed Brasil)

 

icone prcoop icone instagram icone facebook icone X icone linkedin icone youtube icone flickr icone endereco