Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias HOMENAGEM: Sistema Ocepar celebra os 89 anos de Guntolf van Kaick, primeiro presidente da entidade

 

 

cabecalho informe

HOMENAGEM: Sistema Ocepar celebra os 89 anos de Guntolf van Kaick, primeiro presidente da entidade

A diretoria executiva reuniu os funcionários do Sistema Ocepar, na tarde dessa terça-feira (19/06), para celebrar os 89 anos do primeiro presidente da Ocepar, Guntolf van Kaick. Atualmente morando em Guaraqueçaba, no litoral paranaense, ele foi convidado a vir até a sede da entidade, aproveitando que estava em Curitiba, e não imaginava que o motivo era para comemorar o aniversário, ocorrido no dia anterior. van Kaick estava acompanhado do filho, Guntolf Junior van Kaick e do neto Alexandre van Kaick Seger. Antes da celebração, eles foram recebidos pelo presidente do Sistema Ocepar, José Roberto Ricken, pelos superintendentes Robson Mafioletti e Nelson Costa, da Ocepar e Fecoopar, respectivamente, e pelo gerente de Desenvolvimento Técnico, Flávio Turra. Depois, todos se dirigiram até a sala em que os funcionários estavam aguardando para fazer a “surpresa”.

Felicidade - “No final do ano passado nós tivemos quatro ex-presidentes da Ocepar reunidos na reunião da diretoria. Foi um fato muito relevante. E hoje é uma felicidade ter o van Kaick aqui. Quem começou a história tem uma responsabilidade muito grande de implantar bem a ideia”, disse o Ricken. Guntolf van Kaick foi presidente da Ocepar nas gestões 1971-1972, 1973-1975, 1981-1983 e 1984-1986. O superintendente Nelson Costa relembrou alguns fatos marcantes de sua trajetória. “A história do senhor van Kaick com o cooperativismo remonta a uma época anterior ao ano de 1971, quando a Ocepar foi constituída. Na ocasião, ele fazia parte da Cooperativa Cotia Sul, que tinha sede aqui em Curitiba. E, nesse período, várias entidades se uniram num movimento de união que deu origem à Ocepar”, disse no início. “Um fato interessante é que o presidente da nova entidade seria o Benjamin Hammerschmidt, da Cooperativa Lar, de Medianeira. Só que, no dia, furou o pneu do carro dele e ele não conseguiu chegar até aqui. E o que aconteceu? Foi que nem reunião de condomínio. Perguntaram se havia algum candidato e o van Kaick foi eleito para o primeiro mandato dele”, acrescentou. Depois, ele destacou outros momentos ocorridos ao longo das quatro gestões de van Kaick. “Foi um pouquinho da sua história brilhante no cooperativismo do Paraná. Os alicerces do cooperativismo do Paraná começaram com o senhor e depois vieram outras pessoas, como o Benjamim, Wilson Thiesen, Ignácio Donel, Dick de Geus, João Paulo Koslovski e agora o Ricken, na presidência da Ocepar”, completou Costa.

Exemplo - Emocionado, van Kaick agradeceu pela homenagem e também fez um breve relato sobre sua história no comando da Ocepar, que hoje representa 228 cooperativas, de ramos de atividade, com um total de 3,5 milhões de cooperados, 139 mil empregados, R$ 9,5 milhões de resultados, US$ 9,2 bilhões em exportações e que faturou mais de R$ 200 bilhões em 2023. “A gente vive para rememorar os momentos. Nós sabemos como era no passado e agora vemos como está hoje. Vemos que tem entidades voltadas a dar amparo para aqueles que precisam. Nós conseguimos fazer isso através do Sistema Ocepar. Acho que conseguimos construir um sistema que é um exemplo para o Estado do Paraná e para o Brasil”, disse ele ao Informe PR Cooperativo.

Orgulho - Ao final de seu pronunciamento, van Kaick também expressou o orgulho em relação ao desenvolvimento do cooperativismo paranaense. “Nós não tínhamos financiamento do Estado. Nem um centavo do governo federal ou estadual foi utilizado na construção dessa casa. Foram recursos dos associados. Isso é algo que distingue a nossa entidade das demais porque nós somos autênticos. Nós defendemos o ideal do cooperativismo. E a gente percebe que essa a caminhada que o cooperativismo percorreu no Estado do Paraná nesses mais de 50 anos é algo fantástico. Simplesmente fantástico. É difícil ter um outro estado que se aproxime a isso que nós temos, um cooperativismo pujante, bom e da forma como está aqui, planejado, crescendo de ano a ano. Acho que isso é uma demonstração de competência até espiritual. Nós colocamos o nosso espírito em todo esse trabalho para se transformar nisso que é hoje. E vocês estão de parabéns. Estou entusiasmado em ver essa sala cheia de pessoas, coisa que não tinha antes. Parabéns para vocês e eu estou muito feliz. Estou agradecido a Deus, que meu deu esta oportunidade”, finalizou, sob aplausos.

 

icone prcoop icone instagram icone facebook icone X icone linkedin icone youtube icone flickr icone endereco