Início Sistema Ocepar Comunicação Rádio Paraná Cooperativo Presidente da FPA comenta decisão de Gilmar Mendes de suspender ações sobre marco temporal no STF

 

cabecalho radio

Presidente da FPA comenta decisão de Gilmar Mendes de suspender ações sobre marco temporal no STF

O Ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), determinou em 22/04 a suspensão de todos os processos judiciais que discutam a constitucionalidade da lei que estabelece um marco temporal para a demarcação de terras indígenas. O Ministro também estabeleceu que seja iniciado um processo de conciliação em relação ao reconhecimento, demarcação e uso das terras indígenas no país.

Foi determinado que todas as entidades que entraram com ações a respeito do tema, chefes dos poderes Executivo e Legislativo, AGU (Advocacia-Geral da União) e a PGR (Procuradoria-Geral da República) apresentem, em 30 dias, propostas para discussão das ações.
Na manhã de 23/04, o Presidente da FPA, o deputado federal paranaense Pedro Lupion, comentou a decisão.

A tese do marco temporal estabelece que povos indígenas só tenham direito ao reconhecimento e demarcação de seus territórios se comprovarem presença física nessas áreas antes de 5 de outubro de 1988, data da promulgação da Constituição Federal. No ano passado, o STF entendeu que a tese seria inconstitucional. Em resposta à Corte, deputados e senadores aprovaram uma proposta para que o marco seja considerado uma lei. O Presidente Lula fez vetos ao projeto, mas eles foram derrubados pelo Congresso.

Em sua decisão, Gilmar reconheceu a existência de possíveis conflitos em relação a interpretações da lei e as balizas fixadas pelo STF. Em seu entendimento, isso poderia gerar uma situação de insegurança jurídica e por este motivo suspendeu os processos.

Mais informações www.paranacooperativo.coop.br

App Paraná Cooperativo News

Siga @sistemaocepar: Instagram – Facebook – Twitter – LinkedIn – YouTube – Flickr

 
icone prcoop icone instagram icone facebook icone X icone linkedin icone youtube icone flickr icone endereco