Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias CREA-PR: Conselho completa 87 anos e destaca como ponto forte o estreitamento do diálogo com a sociedade

 

 

cabecalho informe

CREA-PR: Conselho completa 87 anos e destaca como ponto forte o estreitamento do diálogo com a sociedade

crea pr 10 06 2021Nesta sexta-feira (11/06), o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR) completa 87 anos de fundação. Dezenove presidentes passaram pela gestão da autarquia, representando a diversidade dos profissionais que atuam no Estado, nas áreas das Engenharias, da Agronomia e das Geociências.

Atuação - Em mais de oito décadas de história, o Crea-PR atua em prol da melhoria do ambiente de trabalho e garantia dos direitos de um contingente que, atualmente, é de mais de 70 mil profissionais registrados no Paraná, por meio de suas oito regionais Apucarana, Curitiba, Cascavel, Guarapuava, Londrina, Maringá, Pato Branco e Ponta Grossa, além das 35 inspetorias ligadas a estas cidades.

Desenvolvimento profissional - O desenvolvimento profissional de Engenheiros, Agrônomos e Geocientistas é a razão de existir da autarquia, mas, cada vez mais, o Conselho estreita o seu diálogo e participação como um agente que faz a diferença no crescimento do Estado.

Diálogo qualificado - “Em 87 anos de história, o Crea-PR sempre manteve e está cada vez mais intensificando um diálogo qualificado e com uma participação ativa e influenciadora de importantes decisões na sociedade. As profissões que o Conselho representa ajudam a construir o Paraná, do ponto de vista estrutural e econômico. Por isso, entendemos que a proximidade com o poder público, entidades de classe e sociedade civil é um papel fundamental que cabe a nós. Não podemos ser neutros, temos que nos posicionar sempre como um agente de mudança e desenvolvimento sustentável”, afirma o presidente do Crea-PR, Engenheiro Civil, Ricardo Rocha de Oliveira.

Exemplo - Um exemplo recente e prático desta proximidade é a articulação das oito regionais do Crea-PR, em conjunto com as respectivas entidades de classe locais, para sugerir melhorias nas novas propostas de concessão de pedágio do Estado. Cada regional analisou minuciosamente os trechos de rodovia que perpassam as suas fronteiras, e o Crea-PR, por sua vez, reuniu todas as considerações num mesmo documento e encaminhou para apreciação da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Assembleia Legislativa do Paraná e Governo do Estado.

Contribuições da Regional Curitiba - Na Regional Curitiba, um Grupo Temático foi estruturado pelo Colégio de Entidades Regionais (CDER), como parte da Governança Cooperativa realizada no dia 25 de março. Os diversos representantes das entidades de classe regionais se reuniram virtualmente para análise, discussão e apresentação de propostas de melhorias para o novo modelo de concessão de rodovias do Paraná sob assessoria do gerente do Crea-PR regional Curitiba, Engenheiro Agrônomo Eduardo Ramires.

Referência - O Grupo Temático do CDER da regional Curitiba tomou como referência principalmente as contribuições apresentadas nas reuniões técnicas organizadas pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep). Os aspectos apresentados pela Fiep foram elaborados a partir de reuniões com mais de 1.200 lideranças regionais de pessoas que residem ou trabalham ao longo das rodovias, e também por meio de levantamento técnico realizado em 2020, quando foram percorridos os 3.327 quilômetros dos traçados que fazem parte dos 06 lotes propostos para a futura concessão. Essa viagem foi importante para avaliar algumas das obras do novo modelo de concessão rodoviária do Paraná - que foi muito bem desenhado do ponto de vista da Engenharia e das inovações. Também foram analisadas e discutidas as contribuições apresentadas pelo Ministério da Infraestrutura e por outras instituições.

Relatório conclusivo - A partir de todos esses estudos e pontos de vista foi elaborado um relatório conclusivo no qual foram descritas as contribuições para determinados trechos que compõem os Lotes 01 e 02 do novo modelo, considerando a jurisdição da Regional Curitiba do Crea-PR.

Lote 01 - Para o Lote 01 (PR-418 - contorno oeste de Curitiba, BR-277 - Parque Barigui até o trevo do relógio em Prudentópolis, BR-476 - entroncamento do contorno sul de Curitiba até o município da Lapa, BR-376 e BR-277 - contorno sul de Curitiba, PR-423 entre Balsa Nova e Araucária, PR-427 entre Lapa e Porto Amazonas) foram apresentadas 35 contribuições.

Lote 02 - Já no caso do Lote 02 (trecho urbano de Paranaguá, BR-277 Curitiba – Paranaguá, PR-407 de Paranaguá até a Praia de Leste em Pontal do Paraná, PR-508 e BR-277 – Alexandra até Matinhos) foram ao menos outras 27 contribuições específicas.

Contrato - “Além da análise direcionada a cada trecho de ambos os lotes, o Grupo Temático também apresentou algumas sugestões amplas em relação ao contrato, como por exemplo requerer que sejam realizadas reuniões técnicas antes do ano 03, com a participação popular da sociedade civil organizada. Nosso objetivo, com essa sugestão, é promover a discussão dos projetos elaborados e a proposição de eventuais correções de rota dos contratos”, conclui Eduardo Ramires.

Sobre o Crea PR - O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR), criado no ano de 1934, é uma autarquia responsável pela regulamentação e fiscalização dos profissionais da empresa das áreas da engenharia, agronomias e geociências. Além de regulamentar e fiscalizar, o Crea-PR também promove ações de orientação e valorização profissional por meio de termos de fomentos disponibilizados via Editais de Chamamento. (Assessoria de Imprensa do Crea-PR)

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias