Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias AGRO: Pontal do Paranapanema se fortalece como uma nova fronteira agrícola

 

 

cabecalho informe

AGRO: Pontal do Paranapanema se fortalece como uma nova fronteira agrícola

Afirmando que o Pontal do Paranapanema, no extremo oeste paulista, vizinho ao Paraná, se tornou uma das mais promissoras fronteiras agrícolas do Sul do Brasil, o secretário de Agricultura e do Abastecimento do governo de São Paulo, Guilherme Piai, falou com exclusividade ao programa CBN Rural da Rádio CBN Maringá, na segunda-feira (19/02), que aquela região vem passando por um intenso processo de mudanças.

Paranaenses lá - A notícia é interessante para o Paraná porque muitos produtores paranaenses cruzam a divisa com o vizinho estado para expandir suas lavouras de grãos, e também porque a Cocamar, uma das principais cooperativas do estado, vem investindo em unidades de recebimento e armazenagem no Pontal, para oferecer a eles apoio logístico e técnico.

Em Mirante - No ano passado a cooperativa, que já opera em vários municípios do Pontal, inaugurou uma ampla estrutura em Mirante do Paranapanema.

Segurança jurídica - Segundo Piai, após a regularização fundiária implementada nos últimos anos, que trouxe segurança jurídica, o objetivo é intensificar investimentos público-privados que incluem a irrigação.

Polo de investimentos - “A vocação da região também é para a irrigação, com uma topografia maravilhosa e recursos hídricos abundantes”, afirmou o secretário, ao destacar que a região vem se transformando em um polo de investimentos, com o avanço, por exemplo, de programas de integração lavoura-pecuária-floresta e áreas de reflorestamento.

Um plano de irrigação - Piai informou que durante a Agrishow 2024, no final de abril, será anunciado um plano de irrigação para o Pontal. “As quantidades de chuvas vêm se mantendo ao longo dos anos, mas os períodos de secas estão cada vez mais longos. Então, é preciso uma política para o armazenamento das águas das chuvas, quando elas vêm em excesso, como está acontecendo, para utilizá-las em períodos de seca”.

Simplificar - A ideia, segundo ele, é lançar uma política simplificada, melhorando as outorgas, bem como investir na construção de barramentos e açudes e na ampliação das redes de energia elétrica.

Potencial - “Fizemos um estudo que com 130 mil hectares irrigados, que é menos de 10% do potencial do Pontal, já dá um investimento de R$ 6 bilhões, quase todo da iniciativa privada. Então, o que o poder público tem que fazer, além de gerar incentivos, é não atrapalhar. Assim, o agro e a iniciativa privada vão transformar a realidade do Pontal do Paranapanema”, disse.

Acreditou - O secretário citou que a Cocamar “acreditou no Pontal antes da regularização fundiária e já está instalada na região”, sendo que a maioria das propriedades é de médio e pequeno portes, em cujo atendimento a cooperativa é especializada. (Assessoria de Imprensa Cocamar)

icone prcoop icone instagram icone facebook icone X icone linkedin icone youtube icone flickr icone endereco