Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias MAPA: Governo libera milho para venda em balcão

 

 

cabecalho informe

MAPA: Governo libera milho para venda em balc√£o

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), por meio da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), já autorizou o início da venda em balcão de milho para os municípios amparados pela Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). A região foi atingida pela estiagem e a medida visa amenizar os prejuízos causados aos criadores locais.

Par√Ęmetros - Portaria Interministerial n¬ļ 601, foi publicada no Di√°rio Oficial da Uni√£o, em edi√ß√£o extra, no dia 29 de junho, estabelece os par√Ęmetros para a libera√ß√£o de milho em gr√£os dos estoques p√ļblicos, com a concess√£o de subven√ß√£o econ√īmica, em raz√£o da seca.

Total disponibilizado - Ao todo, serão disponibilizadas 400 mil toneladas do produto. O limite de aquisição por beneficiário é de até três mil quilos e o preço será de R$ 18,12 por saca de 60kg. De três mil e um quilos até sete mil quilos o preço é de R$ 21,00 por saca de 60kg e de sete mil e um até 14 mil quilos, o preço será de R$ 24,60 por saca de 60kg. O enquadramento do beneficiário para a definição do limite de aquisição e do preço será com base na informação prestada no Sistema de Cadastro Técnico/Programa de Vendas em Balcão da Conab.

Estados do Sul - Al√©m das medidas para a regi√£o da Sudene, a portaria inclui o estado do Paran√° como benefici√°rio junto com o Rio Grande do Sul e Santa Catarina (ambos est√£o amparados pela portaria n¬ļ 144). Tamb√©m  foi ampliado o limite de seis toneladas para 27 toneladas, mantendo o pre√ßo de R$ 21 a saca de 60Kg.

Quem é beneficiado pela medida - Avicultor, suinocultor, bovinocultor, caprinocultor e ovinocultor; cooperativas de criadores de aves, suínos, bovinos, caprinos e ovinos, situados e com atividade nos municípios amparados pela Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). (Mapa)

 

Clique aqui e confira a portaria na íntegra

 

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias

/* #### ANTIGA TAG DO GOOGLE ANALYTICS */