Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias EXPEDIÇÃO AVICULTURA: Avicultura do PR desacelera, mas continua crescendo

 

 

cabecalho informe

EXPEDIÇÃO AVICULTURA: Avicultura do PR desacelera, mas continua crescendo

expedicao avicultura 06 09 2012Com o objetivo de mapear o setor av√≠cola brasileiro, a Expedi√ß√£o Avicultura percorreu mais de cinco mil quil√īmetros nas √ļltimas semanas e visitou os principais polos produtivos do Paran√°, maior produtor e exportador de frangos do pa√≠s. O levantamento, realizado na mesma √©poca em que o setor enfrenta uma crise provocada pela alta nos insumos, est√° em fase de conclus√£o. Por√©m, o que a Expedi√ß√£o encontrou em campo foram ind√ļstrias bem organizadas e preparadas para a turbul√™ncia econ√īmica.

Sistema de integra√ß√£o -  ‚ÄúO sistema de integra√ß√£o e empresas bem geridas diminu√≠ram o impacto da crise no estado. O modelo de gest√£o dessas ind√ļstrias √© de alto n√≠vel, s√£o verdadeiros cases de sucesso‚ÄĚ, explica a analista de mercado do Agroneg√≥cio Gazeta do Povo, Luana Gomes.

Copacol - Entre os casos que chamaram a atenção da equipe está a Cooperativa Agrícola Consolata, a Copacol. Somente o abatedouro da empresa emprega quase 2.500 funcionários, enquanto no campo integra mais de 800 avicultores. Mesmo com a crise batendo a porta do setor, a Copacol mantém os investimentos e no começo do ano que vem e inaugura uma nova planta em Ubiratã que deve dobrar a capacidade de produção. A unidade nova deve abater 300 mil aves/dia até 2016 quando operar com plena capacidade.

Plano estrat√©gico- O plano estrat√©gico n√£o fica restrito ao frigor√≠fico, engloba ainda a amplia√ß√£o do incubat√≥rio e do matrizeiro, al√©m das √°reas de su√≠nos, leite e processamento de gr√£os. Segundo o presidente da Copacol, Valter Pitol, o plano que foi batizado de GPS ‚Äď Gera√ß√£o de renda, Produtividade e Sustentabilidade, prev√™ a aplica√ß√£o de R$ 470 milh√Ķes entre 2008 e 2012.

Gerenciamento - O veterin√°rio Fabr√≠cio Monteiro, t√©cnico que acompanhou a Expedi√ß√£o Avicultura, revela que ficou impressionado com o gerenciamento das empresas e conta que o planejamento a longo prazo foi o que preparou o setor para enfrentar a crise.  ‚ÄúEsse momento de crise ser√° decisivo para algumas empresas. O impacto ser√° muito grande, pois os custos ficar√£o altos por um bom tempo. Portanto aquelas empresas que trabalham com um planejamento mais detalhado e de longo prazo sofrer√£o menos‚ÄĚ, afirma.

Investimentos - Outras empresas tamb√©m est√£o investindo no setor. Em Mandaguari, por exemplo, ser√° inaugurada em breve a Cocari, que ter√° capacidade para abater 350 mil aves/dia, resultado de um investimento de R$ 88 milh√Ķes no neg√≥cio. O Grupo GTFoods, criado no final do ano passado pela ind√ļstria av√≠cola Frangos Can√ß√£o, tamb√©m prev√™ investimentos. Ser√£o aplicados R$ 15 milh√Ķes na unidade de Maring√° e outros R$ 5 milh√Ķes na f√°brica de Terra Boa.

Estrat√©gias bem pensadas - Na an√°lise de Luana Gomes, os investimentos n√£o est√£o embalados apenas pelos √≠ndices de crescimento registrados at√© o ano passado, quando o mercado av√≠cola paranaense crescia no chamado ritmo chin√™s, perto de 10% ao ano, mas s√£o resultado de estrat√©gias bem pensadas. ‚ÄúOs investimentos foram planejados e estruturados em longo prazo. Os gestores dessas empresas pensam no futuro. Al√©m disso, muitos encaram a crise como uma janela de oportunidades‚ÄĚ, avalia.

Crise - Ao mesmo tempo, a Expedi√ß√£o tamb√©m encontrou exemplos de ind√ļstrias com dificuldades s√©rias por causa da crise. Algumas unidades j√° est√£o reduzindo turnos e jornadas de trabalho, outras cogitam a ado√ß√£o de f√©rias coletivas no final do ano. ‚ÄúA avicultura gera muitos empregos no Paran√°, mas a crise n√£o deve gerar demiss√Ķes em massa por causa da organiza√ß√£o do setor. Por√©m, ind√ļstrias e produtores precisam de apoio do governo‚ÄĚ, alerta a analista.

Entrave - Para a equipe da Expedi√ß√£o Safra, a crise dos gr√£os causada pelo aumento dos pre√ßos de milho e de soja, que s√£o os principais insumos para o setor e comp√Ķem a base da alimenta√ß√£o dos frangos, representando 70% dos custos de produ√ß√£o do setor av√≠cola, ainda n√£o √© a pior entrave enfrentado pelos avicultores. Segundo Luana, a dificuldade de acesso ao cr√©dito, desencadeada pela crise de 2008, ainda √© um dos maiores desafios. Muitas empresas est√£o usando o capital de giro para pagar financiamentos antigos. ‚ÄúO mercado de gr√£os se autorregula, depende da lei da oferta e demanda. Mas os financiamentos s√£o essenciais para toda a cadeia se manter. O governo precisa estudar formas de fazer o dinheiro voltar a girar para que haja novos investimentos‚ÄĚ, enfatiza. Apesar de o cen√°rio atual preocupar, o segundo semestre deve ser est√°vel. No acumulado do ano, o setor av√≠cola paranaense deve crescer na m√©dia do PIB nacional.

Desafios - Na avalia√ß√£o da Expedi√ß√£o Avicultura, o grande desafio para a avicultura paranaense √© a log√≠stica. Em compara√ß√£o com o sistema de escoamento americano, o setor ainda deixa muito a desejar. Luana explica que os Estados Unidos conseguem colocar os produtos no mercado com um custo muito menor, o que diminui a competitividade brasileira no mercado internacional. ‚ÄúA armazenagem de produtos e as estradas s√£o alguns dos obst√°culos para o crescimento agroneg√≥cio‚ÄĚ, avalia.

Solu√ß√Ķes - Em contrapartida, a iniciativa privada come√ßa a se movimentar e buscar solu√ß√Ķes para os gargalos do setor. Um bom exemplo s√£o as constru√ß√Ķes de centro de armazenagens de cooperativas e grupos de ind√ļstrias. Em Apucarana, a Unifrango - holding que congrega 17 empresas av√≠colas ‚Äď j√° est√° finalizando as obras do seu Centro de Armazenagem e Distribui√ß√£o com capacidade para armazenar 25 mil toneladas de produtos congelados.

Complexo log√≠stico - Em Cascavel, a Cotrigua√ßu, cooperativa que re√ļnes as empresas Coopavel, C.Vale, Lar e Copacol, j√° se prepara para ter seu pr√≥prio complexo log√≠stico de carga, descarga e armazenamento de produtos frigorificados e congelados. Com um investimento de R$ 50 milh√Ķes e obras que devem durar 18 meses, o projeto prev√™ a constru√ß√£o de c√Ęmeras frias, p√°tio de estacionamento e um desvio ferrovi√°rio no terminal da Ferroeste.

Sobre a Expedi√ß√£o Avicultura - A Expedi√ß√£o Avicultura √© um projeto do Agroneg√≥cio Gazeta do Povo, que det√©m o know-how e a capilaridade da Expedi√ß√£o Safra, realizada da h√° seis temporadas, com oferecimento do Grupo Unifrango e apoio t√©cnico do Sindicato das Ind√ļstrias de Produtos Av√≠colas do Estado do Paran√° (Sindivipar).

Visitas - A equipe visitar√° os principais polos av√≠colas do Paran√°, o maior produtor e exportador de carne de frango do pa√≠s. O levantamento t√©cnico-jornal√≠stico ir√° mapear a atividade e debater todas as vari√°veis que influenciam o setor, desde a produ√ß√£o, passando pelo abate at√© a exporta√ß√£o. Al√©m de n√ļmeros do segmento av√≠cola, o projeto vai discutir tecnologia, manejo, gen√©tica e competitividade e tra√ßar um diagn√≥stico das tend√™ncias para o setor nos pr√≥ximos 10 anos.

Cobertura completa - A cobertura completa da Expedi√ß√£o Avicultura pode ser acompanhada pelo site www.expedicaoavicultura.com.br. Na p√°gina s√£o publicados todos os textos produzidos pela equipe t√©cnico-jornal√≠stica que est√° em campo, al√©m da cobertura fotogr√°fica, slides show e v√≠deos. Al√©m disso, informa√ß√Ķes sobre o setor av√≠cola e o sobre o agroneg√≥cio em geral podem ser obtidas por meio de uma newsletter. Para se cadastrar basta enviar um e-mail para O endere√ßo de e-mail address est√° sendo protegido de spambots. Voc√™ precisa ativar o JavaScript enabled para v√™-lo. . (Gazeta do Povo)

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias

/* #### ANTIGA TAG DO GOOGLE ANALYTICS */