Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias ARTIGO: Tendência da economia e dos negócios para 2023

 

 

cabecalho informe

ARTIGO: Tendência da economia e dos negócios para 2023

*Claudio Shimoyama

No geral, no cenário nacional para 2023, a inflação deverá se manter no mesmo patamar do ano passado, desaceleração da recuperação da cadeia de suprimento com novas ondas da doença Covid-19 na China, provocando constantes interrupções nas indústrias chinesas, e, ainda, teremos uma baixa demanda dos consumidores, pois houve uma deterioração da renda das famílias, com alta dos combustíveis, dos serviços administrados pelo governo, como energia elétrica, gás de cozinha e demais tributos. Estima-se uma inflação de 5,17%, PIB de 0,80%, câmbio em torno de R$5,28 e taxa Selic de 12,25% a.a.

 

Comparando com 2022, o ano de 2023 será menos acelerado, e atualmente a maior preocupação é com o cenário político, que está gerando incertezas e insegurança no mercado empresarial.

Uma pesquisa realizada pelo Grupo Datacenso, em dezembro de 2022, com 500 comerciantes paranaenses, mostra, conforme os gráficos abaixo, que, a apesar da maioria estar animada com o seu negócio, parte significativa está preocupada com a economia para os próximos meses.

 

    Gráfico 1. Sentimento e expectativa do comerciante paranaense para os próximos meses quanto ao seu negócio

Imagem1

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   

     

Fonte: Datacenso

 

Gráfico 2 - Sentimento e expectativa do comerciante paranaense quanto à economia do Brasil para 2023

 

Imagem2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

   

   Fonte: Datacenso

 Quanto ao comportamento de compra do consumidor, a alta da inflação e o aumento dos preços, principalmente dos produtos alimentícios e de bebidas, vem afetando o consumo, especialmente de super e hipermercados, que têm forte participação na economia.

Para o setor de serviços, as perspectivas continuam positivas, pois, com a vacina sendo realizada anualmente, que nem gripe, a vida está voltando à normalidade, impulsionando o setor de serviços, que representa 70% do PIB, Produto Interno Bruto, nacional.

Outro fator para 2023, na mudança do comportamento de compra, é a transparência das empresas e marcas em relação aos consumidores, gerando cada vez mais dados customizados para uma experiência única, personalizada, rápida e baseada em valores do cliente. Aliás, “que tem dados dos clientes tem ouro na mão”, dizem os consultores de IA- Inteligência Artificial.

A tecnologia continua cada vez mais presente nos negócios e mais utilizada para atender as necessidades e desejos específicos da vida do cliente. O mercado B2C – Business to Costumers, que é voltado ao consumidor final, principalmente o varejo, precisa estar cada vez mais consciente sobre a importância de investimentos em tecnologia, principalmente na gestão de relacionamento com cliente ou Customer Relationship Management (CRM), para atrair novos clientes, fidelizar os atuais e recuperar os antigos.

E a nova tendência de mercado, falando em tecnologia digital, chama-se Metaverso, novo padrão de interação e experiência de imersão digital, que chega para proporcionar experiências únicas para clientes conhecerem, experimentarem e consumirem produtos e serviços. E, para entender melhor esse novo mercado em expansão, é essencial e necessário saber o que é NFT, que significa tokens não fungíveis, símbolo eletrônico criado em uma plataforma blockchain, banco de dados públicos que registra as transações dos usuários,para representar algum bem considerado único, como uma obra de arte, é um ativo digital criado para representar a identidade de um item exclusivo, seja ele real ou virtual, que fica armazenado na blockchain.

 

Diante do novo momento do mercado, as empresas e seus gestores precisam conhecer essa tendência e saber as suas oportunidades de negócio, pois através dessa plataforma de realidade virtual as pessoas poderão se encontrar com os amigos; realizar reuniões de trabalho; jogar; e principalmente fazer suas compras. Portanto, é preciso estudar sobre o Metaverso, sobre o seu impacto na relação das empresas e seus clientes; entender as suas vantagens e desvantagens; e se preparar para esse novo cenário que já chegou.

 

O mercado empresarial como um todo passa por uma fase de adaptação para que os negócios possam manter as demandas dos clientes e manter as suas contas em dia. Agora, em um cenário crítico, é preciso repensar as estratégias e inovar até mesmo nas ferramentas já disponíveis, para que se adequem cada vez mais às mudanças do mercado consumidor.  

 

Precisamos estar conscientes que investimento em Inovação e em Tecnologia terá, cada vez mais, forte influência para tornar o futuro das organizações mais seguro. E, principalmente, entender que todo o recurso aplicado em Inovação e Tecnologia é um investimento e não uma despesa, pois garante a permanência das empresas e seus negócios, mantendo as vendas e fidelizando os clientes.

E, conforme já comentado em artigo anterior, as coisas nunca mais serão como foram anteriormente, no que tange ao propósito das organizações para a atração e manutenção dos clientes, principalmente para a área de comunicação, marketing e vendas, pois a verdade é provisória e o processo do aprendizado é contínuo. Pense nisso!!

*Claudio Shimoyama é CEO do Grupo Datacenso, palestrante, professor da FGV, consultor em Marketing Estratégico e mentor empresarial

icone prcoop icone instagram icone facebook icone X icone linkedin icone youtube icone flickr icone endereco